Arquivo para Tag: twitter

Elon Musk, o homem mais rico do mundo, fundador da Tesla e da SpaceX, agora também é oficialmente dono do Twitter. Nesta quinta-feira, dia 27 de outubro, Musk comprou o microblog por US$ 44 bilhões (R$ 235 bilhões) que estava em negociação desde abril, e agora planeja mudar as coisas.

Sua primeira medida foi demitir 4 dos principais executivos da empresa, incluindo o CEO, Parag Agrawal, segundo informou a imprensa americana. Musk havia confirmado que iria concretizar a compra da rede social e disse que estava fazendo isso “pelo futuro da civilização”.

Esta é uma das principais razões pelas quais esta notícia explodiu como um ponto final para a intriga sobre a aquisição do Twitter que circulou nas últimas semanas, e que ao mesmo tempo traz consigo novas controvérsias em torno das mudanças e perspectivas que a rede social terá a partir de agora.

Enquanto alguns analistas elogiam o valor do negócio para os acionistas, a aquisição planejada de Musk desperta preocupações com a saída de anunciantes, mudanças imprevisíveis de produtos e metas de receita pouco claras.

 

Leia também:

 

O futuro do Twitter sob Elon Musk

A afinidade de Musk com a rede pode permitir que ele melhore algoritmos e a experiência de uso em geral. Entretanto, alguns internautas demonstraram preocupações em relação à nova aquisição, temendo que a rede deixe de se tornar um espaço inclusivo para todos.

Até o momento, Musk informou que ainda está trabalhando em seus planos. No entanto, existem alguns indicadores sobre as intenções do homem mais rico do mundo, que ele expôs no próprio Twitter. Confira:

 

1. RESTAURAÇÃO DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO

A principal mudança que Musk busca no Twitter é expandir a liberdade de expressão na plataforma. Musk mencionou em mais de uma ocasião que o Twitter é “a praça da cidade” e que deveria ser um local adequado para qualquer pessoa se expressar da maneira que quiser. Isso é especialmente incisivo após as medidas que o Twitter aproveitou para tentar amenizar a desinformação que levou ao bloqueio de Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos, no início de 2021.

Após a compra no Twitter até agora, a única mensagem oficial de Musk em sua conta foi um aviso: “Espero que até meus piores críticos permaneçam no Twitter, porque é isso que significa liberdade de expressão“. Será que esse novo posicionamento irá trazer novos públicos pra rede?

 

2. SEM ANÚNCIOS NA PRAÇA

Musk acredita que para o Twitter atender ao propósito de “praça pública”, ele não deveria conter anúncios. Afinal, isso deixaria a plataforma dependente do dinheiro de empresas anunciantes e consequentemente, estaria sujeito a manipulações de acordo com o interesse de terceiros. Por isso, seu modelo de assinatura deve eliminar anúncios entre tweets.

No entanto, atualmente 90% da receita da rede é através da publicidade. Porém, Musk declarou que para redução de custos pretende descontinuar a sede da empresa em San Francisco ou então, eliminar o salário dos membros do conselho, economizando cerca de 3 milhões de dólares por ano. Além disso, aparentemente haverá uma forma de monetização através do Twitter Blue, que falaremos mais pra frente.

 

3. FUNÇÃO PARA EDITAR TWEETS

Uma das constantes e principais reclamações de vários usuários, inclusive do próprio Elon Musk, é que os tweets devem ser editáveis, e logicamente essa será uma das primeiras mudanças que poderemos ver na rede social. 

 

4. UM TWITTER DE CÓDIGO ABERTO

Outro dos planos que Musk compartilhou é a transferência do código do Twitter para um open sourcing, para que qualquer pessoa possa recomendar mudanças e novas funções, com as quais os desenvolvedores terão total liberdade para reestruturar o aplicativo e, claro, encontrar soluções viáveis ​​para os problemas que enfrentam.

Os algoritmos sempre proporcionam muito debate nas redes sociais. Ao longo dos anos, os usuários estão cada vez mais exigentes sobre a usabilidade das plataformas. Musk, parece querer contribuir para esse futuro de maior autonomia para aqueles que desejarem utilizar o Twitter.

 

5. CONTAS VERIFICADAS QUE PODEM SER COMPRADAS

Se até agora as contas verificadas no Twitter serviam para reconhecer essas personalidades ou empresas com base em sua relevância na rede social, agora Musk poderia adicionar a verificação de perfil aos seus assinantes do Twitter Blue, como mais uma garantia de autenticação da conta – que é pago e pode ser o modelo de monetização que mencionamos mais acima.

Esse ponto é polêmico, porém, para Musk, a autenticação diminuiria a presença de bots na plataforma. Um problema cada vez maior, acelerando a divulgação de fake news pela web, além da disseminação de discursos de ódio.

 

Futuro do marketing no Twitter: a rede social que revolucionou o mundo da mídia

Apesar de estar sempre à sombra do Facebook, o Twitter ainda hoje é influente e define tendências. Não há evento ou notícia mundial que não seja comentada nele.

A rede vem incorporando recursos que agradam usuários veteranos e engajam novos. A inclusão de várias fotos ou gifs nos tweets, a opção de fazer pesquisas, eliminar o limite de caracteres para mensagens privadas ou ampliar o limite de caracteres para 280 visam aproximar a rede social de seu público.

Ele foi projetado para ser um lugar para “notícias de última hora”, onde pessoas comuns se tornam emissoras, dando pequenas rajadas de informações em tempo real. Quanto mais as pessoas falam sobre um assunto, maior a probabilidade de ele “virar tendência” e chamar a atenção das principais notícias. 

De fato, muitas personalidades do mundo da política, do esporte ou da cultura utilizam a plataforma como mais um meio de comunicação. Embora outras redes sociais como Facebook e Instagram tenham um número maior de usuários, a viralidade de um comentário no Twitter ainda não tem concorrência direta. O Twitter é e tem sido uma revolução da Internet e da comunicação.

No entanto, nem todas as mudanças nos últimos anos agradaram a todos. Uma das mais notórias foi a mudança em sua linha do tempo, em que os tweets apareceriam em ordem de relevância e não em ordem cronológica. Isso não agradou aos fãs do Twitter, que logo começaram a usar a hashtag #RIPTwitter no Trending Topic.

E os impactos?

O que sabemos com certeza é que tudo o que ele fizer afetará muitas pessoas (o twitter tem cerca de 200 milhões de usuários em todo o mundo), e, portanto isso respingará aos profissionais de marketing que trabalham com a gestão de conteúdos e de anúncios nessa rede, devendo se preparar e ajustar suas estratégias.

Se Musk realmente reconsiderar seu plano de remover anúncios, os profissionais de marketing devem reavaliar onde investir melhor o orçamento que estão usando na publicidade paga do Twitter, migrando para outras redes sociais, por exemplo, como Instagram, Facebook, LinkedIn e Google Ads, e até mesmo em redes que talvez você ainda não tenha experimentado como TikTok , Snapchat ou Pinterest, visando, inclusive, que talvez haja migração dos usuários do twitter para esses canais. Pra te ajudar, confira esse artigo: Redes Sociais: minha empresa precisa estar presente em todas?

Sempre há alternativas para atingir seu público-alvo – seja claro com seus objetivos, pense no que você estava tentando alcançar no Twitter e ajuste sua estratégia de acordo.

Porem, é importante não esquecer que o Twitter tem atualmente mais de 200 milhões de usuários ativos diários. Sem poder investir em anúncios, uma estratégia orgânica forte se tornará ainda mais vital para manter uma presença na plataforma. Portanto, reavalie sua estratégia atual do Twitter e considere onde você pode aprimorá-la. Mantenha seu conteúdo relevante, mantenha a voz da sua marca e analise qual tipo de conteúdo terá valor para seus seguidores e sua comunidade.

Os tweets têm uma vida útil notoriamente curta, então invista algum tempo planejando com antecedência, usando a ferramenta de agendamento para aumentar sua frequência diária e manter uma forte presença no feed.

Por fim, essas são algumas das previsões que o Elon Musk expôs no twitter e tudo pode mudar, ou não. Mas uma coisa é certa, os profissionais de marketing não podem se dar ao luxo de apenas sentar e assistir o desenrolar.

Mantenha-se atualizado, seja dinâmico com sua estratégia e saia na frente da concorrência, estando preparado para se adaptar assim que for a hora certa!

.

E você, o que acha que vem por aí?

Deixe seu comentário e aproveite e faça como os 5.347 inscritos: assine grátis nossa newsletter e faça parte da nossa lista VIP:

 

 

 

Continue nos acompanhando em nosso blog, fanpage, instagram, linkedIn e Grupo no Whatsapp para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeaNote #TakeIdeias

 

Nós já postamos aqui no blog os benefícios de usar as redes sociais para negócios, e você percebeu que não são poucos né?

Confira alguns números:

  • O Facebook possui mais de 1.5 bilhão de usuários ativos em sua plataforma;
  • No Twitter, mais de 350 mil tweets são enviados por minuto;
  • O Instagram contabiliza mais de 1 milhão de curtidas por minuto;
  • No Youtube são assistidas mais de 6 bilhões de horas em vídeos por mês;
  • O LinkedIn possui mais de 400 milhões de usuários em sua rede.

Por isso maioria das empresas veem as redes sociais como uma forma muito eficiente de se aproximarem do consumidor.

Afinal, além das estatísticas surpreendentes, elas são totalmente grátis e através delas é possível alcançar bilhões de pessoas na internet.

Agora, que as redes sociais existem nos mais variados tipos, formas, quantidade de usuários e maneiras de uso, já sabemos. Mas, o que cada uma delas pode oferecer para o seu negócio? Será que sua empresa precisa estar em todas as redes sociais?

Pensando nisso, eu trouxe algumas informações sobre cada rede social para te ajudar nessa decisão. Vamos lá!

Facebook: o mais popular

O QUE É:

O Facebook é a rede social mais popular e mais acessada do mercado. Mais de 69% da população brasileira está registrada e passa várias horas por semana no Facebook. Todas as idades, ocupações, gêneros e religiões são representadas e bem identificadas. Com esta ferramenta, é possível atingir o público alvo com facilidade, além de garantir um aumento significativo no redirecionamento para o site. Neste momento, o Facebook é definitivamente a melhor rede social para sua marca e para o relacionamento com seus clientes.

IDEAL PARA:

Para todas as empresas, sem exceção. O Facebook agora é visto como um bem essencial para o seu negócio. Seus clientes esperam que você esteja lá.

CARACTERÍSTICAS DO PÚBLICO:

A maioria são jovens e ativos, mas o público é bem extenso.

COMO É USADO:

Ele é bem flexível. Você pode compartilhar informações comerciais, eventos, promoções, notícias, artigos, ou até mesmo fatos relativos ao seu negócio. Os formatos das publicações podem ser em textos, imagens, vídeos, gifs e links. Pode-se postar diariamente ou algumas vezes por semana. Se for anunciar, não deixei de baixar nosso ebook:

Twitter: o mais rápido

O QUE É:

O Twitter é a rede social mais veloz, destinada a comunicação objetiva e rápida. Reconhecido como a 2ª plataforma de mídia, o Twitter ocupa a 2ª posição no quesito uso, atingindo 40% da população brasileira. Aqueles que o usam acompanham, compartilham e comentam as novidades diariamente.

IDEAL PARA:

Todos, mas especialmente empresas com muita produção de conteúdo, como as de notícias, esportes, marketing,etc. Se sua empresa trabalha em uma área onde as coisas são imediatas, o Twitter é uma obrigação para você.

CARACTERÍSTICAS DO PÚBLICO:

O público fiel a rede é engajado, atualizado e muito rápido. A maioria dos usuários que seguem uma empresa, estão atentos a ofertas especiais, cupons, concursos, etc. Muitos usuários seguem suas celebridades favoritas por lá.

COMO É USADO:

Sinônimo de velocidade, as publicações vem em forma de frases, títulos e mini-textos. Para interagir com este público é preciso manter um tom de conversa em seus tweets e estar extremamente inteirado sobre o que está acontecendo no mundo. Além do texto limitado a 280 caracteres, é possível também incluir uma imagem, um vídeo ou um gif. A rede pode servir para divulgação de produtos e serviços de maneira rápida e eficaz. As curtas informações despertam o interesse do consumidor e permite um contato fácil deste com a empresa. Também quando ocorre um evento digno de menção e hashtag você pode usá-lo com segurança, várias vezes ao dia ou uma vez por semana.

LinkedIn: o mais profissional

O QUE É:

O LinkedIn é a maior rede social de negócios do mundo . Essa plataforma do mundo corporativo tem uma média de 25 milhões de usuários ativos no Brasil.

IDEAL PARA:

Toda empresa deve pelo menos ter uma página, mas as empresas do setor B2B e as agências de recrutamento devem estar presentes, já que é uma rede feita para profissionais e bastante segmentada.

CARACTERÍSTICAS DO PÚBLICO:

Profissionais e empresas, sendo sua maioria B2B (Business to Business = empresas que vendem para outras empresas).

COMO É USADO:

O LinkedIn é útil para o networking, recrutamento, prospectar clientes, gerar mais leads e marketing pessoal. Nele você se conecta com pessoas dispostas a trabalhar com empresas, empresas que possuem interesse em se conectar com outras empresas ou profissionais de interesse e compartilhar informações. Você pode fazer suas publicações comerciais ou compartilhar artigos profissionais. Participar de grupos que tenham a ver com seu negócio é uma ótima forma de se relacionar com pessoas interessadas em sua área de atuação e posicionar-se como autoridade nos temas em debate. Gere leads utilizando-se da aba de produtos e serviços oferecidas nas páginas empresariais para descrição de seu negócio.

Instagram: o que mais expõe

O QUE É:

O Instagram é uma rede que se concentra nas imagens, especificamente fotografias. e também vídeos curtos. É uma ótima vitrine. O Instagram hoje é fundamental em toda boa estratégia de marketing com foco na gestão de comunidade e em busca de engajamento por parte de seu público. Pela sua capacidade de interagir facilmente com o público através de imagens, as marcas se inserem cada vez mais neste universo com mais de 100 milhões de usuários ativos. Uma maneira prática de divulgar produtos por fotos e vídeos, que chamam atenção para a compra.

IDEAL PARA:

Qualquer empresa que trabalhe com produtos visualmente apelativos ou artistas, com nicho em saúde, exercício, alimentação, design, moda e fotografia que busca alcançar o público mencionado acima.

CARACTERÍSTICAS DO PÚBLICO:

Os seus usuários são principalmente de 18 a 30 anos,são donos de smartphones e muitos deles são fotógrafos amadores e buscam postagens criativas e repletas de significados #lifestyle.

COMO É USADO:

O Instagram foi popularizado pela possibilidade de se retratar o instantâneo e ser uma alternativa ao público jovem após a adesão ao Facebook em peso por internautas do mundo todos. Suas fotos devem ser de alta qualidade, limpas e com boa iluminação. Publique regularmente, particularmente em eventos especiais. As hashtags também são grandes aliadas e podem ser utilizadas para popularizar sua marca e para centralizar conteúdos que tenham a ver com um determinado tema.

Youtube: o que mais atrai visitantes

O QUE É:

O YouTube é a plataforma de vídeo nº 1 do mundo. Essa rede possui uma grande autoridade perante as ferramentas de busca, possibilitando que os materiais publicados por ali tenham uma maior chance de atração de visitantes qualificados pelo canal. Outra vantagem é que o conteúdo publicado nessa plataforma tem alto poder de engajamento quando consegue agradar ao público.

IDEAL PARA:

Se você tem algum vídeo interessante, incluindo tutoriais, treinamentos, conferências, estudos de caso, entrevistas, comerciais e comédia, esta rede é para você.

CARACTERÍSTICAS DO PÚBLICO:

São consumidores que preferem assistir vídeos do que ler conteúdo. Mais de 1 bilhão de usuários únicos visitam o Youtube todos em meses em busca de vídeos divertidos, interessantes e atraentes.

COMO É USADO:

O conteúdo e a qualidade dos vídeos devem ser impecáveis: iluminação adequada, edição dinâmica e qualidade de som. Para otimizar seu vídeo em SEO, trabalhe o título e a descrição utilizando as palavras chave definidas para o material e em utilizar de 5 a 7 palavras como tags para seu vídeo. Não há necessidade de estar ativo diariamente. Quando você tem um vídeo, você o carrega e inicia sua promoção através de postagens do YouTube e do Facebook.

Pinterest: o mais inspirador

O QUE É:

O Pinterest é uma rede social usada para o compartilhamento de imagens de qualquer tipo. O usuário pode favoritar o conteúdo e criar pastas compartilháveis que, hoje em dia, são muito populares nos segmentos de moda, maquiagem, artesanato, decoração e comida..

IDEAL PARA:

Marcas que trabalham com muito conteúdo visual (imagens, infográficos, etc). Você tem um negócio online e seus produtos são destinados principalmente às mulheres? As imagens dos seus produtos fazem as pessoas sonhar, como jóias, moda ou chocolate fino? Esta rede é uma obrigação para o seu negócio.

CARACTERÍSTICAS DO PÚBLICO:

Popular entre mulheres, os usuários dessa rede buscam obter ideias e inspiração. A maioria dos membros (cerca de 83%) preferem seguir sua marca favorita do que uma celebridade.

COMO É USADO:

As imagens devem ser de alta qualidade e você deve promover o compartilhamento (pino) onde quer que seja relevante.

 

Vale lembrar que o sucesso de suas ações nas redes sociais escolhidas vai demandar muita dedicação, conteúdo de qualidade e publicação frequente.. O Facebook e o Twitter demandam mais frequência nas atualizações, enquanto o Youtube e o Pinterest nem tanto, por exemplo, mas deve-se manter uma periodicidade.

O ideal é focar nas redes que tenham mais relevância para manter uma presença mais constante por lá.

Utilizando bem as redes sociais é possível criar um ativo de marketing importante, com audiência qualificada e alcance a clientes em potencial.

Se precisar de ajuda nas escolhas, escreva para nós e saiba mais em como podemos ajudar sua empresa a crescer nas redes sociais:

 

Continue acompanhando nosso blogfanpage e linkedin para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😉 #TakeaNote #TakeIdeas