O Google revelou esse mês o seu ranking dos termos mais buscados em 2022. O ranking é um termômetro de quais conteúdos chamam a atenção, quais temas dominam a internet e quais são as principais preocupações e necessidades dos internautas.

No Brasil, o ano foi particularmente bem movimentado: com grandes eventos, Eleições, Copa do Mundo e Big Brother se sobressaíram entre os temos mais buscados no Google, liderando o ranking das buscas feitas pelos brasileiros.

Ao todo, 18 categorias foram divulgadas – entre elas inclui acontecimentos, personalidades, memes, filmes, séries, entre outras. E, neste ano, as categorias em destaque foram organizadas pelas perguntas feitas aos buscadores “como fazer”, “o que é?” “quanto custa” – o algoritmo agrupou pelo jeito que as pessoas digitam a busca.

Curioso(a)? Então chega de introdução e bora conferir os 180 termos mais pesquisados aqui no Brasil:

O que esteve em alta no Google em 2022

 

BUSCAS DO ANO

  • Eleições 2022
  • Copa do Mundo 2022
  • Brasileirão
  • BBB 22
  • Lula
  • Flamengo x Corinthians
  • Banco Central
  • Copinha
  • Série B
  • TSE

MORTES

  • Paulinha Abelha
  • Rainha Elizabeth II
  • Jô Soares
  • Gal Costa
  • Erasmo Carlos
  • Guilherme de Pádua
  • Claudia Gimenez
  • Olavo de Carvalho
  • Elza Soares
  • Ludmilla Ferber

COMO FAZER

  • Como fazer empréstimo do Auxílio Brasil?
  • Como fazer trend no Instagram?
  • Como fazer o cadastro do Auxílio Brasil?
  • Como fazer enquete no WhatsApp?
  • Como fazer empréstimo no Caixa Tem?
  • Como fazer brigadeiro de colher?
  • Como fazer título de eleitor online?
  • Como fazer o beijo da bruxa?
  • Como fazer capuccino caseiro?
  • Como fazer quentão?

MÚSICA (LETRA)

  • Acorda Pedrinho
  • Deserto
  • Desenrola, Bate, Joga de Ladinho
  • Vampiro
  • Envolver
  • Malvadão 3
  • Depois do Universo
  • Hotel Caro
  • Pandora
  • Cachorrinhas

POR QUE?

  • Por que a Rússia quer invadir a Ucrânia?
  • Por que o Brasil não faz parte da Otan?
  • Por que o jogo do Corinthians foi adiado?
  • Por que Tiago saiu do BBB?
  • Por que Bolsonaro foi preso?
  • Por que Lula foi preso?
  • Por que o leite está caro?
  • Por que Fátima Bernardes saiu do Encontro?
  • Por que Simone e Simaria se separaram?
  • Por que o dólar está caindo?

SHOWS

  • Coldplay
  • Henrique e Juliano
  • Justin Bieber
  • Maroon 5
  • Guns N’ Roses
  • Metallica
  • Show Amigos
  • Harry Styles
  • Milton Nascimento
  • Iron Maiden

ACONTECIMENTOS

  • Eleições 2022
  • Copa do Mundo 2022
  • Guerra entre Rússia e Ucrânia
  • Chuvas em Petrópolis
  • Morte da Rainha Elizabeth II
  • Varíola dos macacos
  • Protesto dos caminhoneiros
  • Greve de ônibus (São Paulo)
  • Bolsonaro pronunciamento
  • Eclipse Lunar

…OU…

  • Lula ou Bolsonaro
  • Enem digital ou impresso
  • Voto nulo ou branco
  • Festa julina ou julhina
  • Jade ou Arthur
  • Catar ou Qatar
  • Fascista ou facista
  • Boa viagem ou viajem
  • Mechendo ou mexendo
  • Imprensada ou prensada

COMO SER

  • Como ser afiliado Shopee?
  • Como ser mesário nas eleições 2022?
  • Como ser padrão?
  • Como ser voluntário na guerra da Ucrânia 2022?
  • Como ser aquela garota?
  • Como ser afiliado Shein?
  • Como ser atraente?
  • Como ser titular de cartório?
  • Como ser bonito?
  • Como ser corretor de imóveis?

 

Leia também:

 

O QUE É?

  • O que é comunismo?
  • O que é NFT?
  • O que é demissexual?
  • O que é seara?
  • O que é Otan?
  • O que é maçonaria?
  • O que é herpes?
  • O que é OnlyFans?
  • O que é afasia?

QUANTO CUSTA?

  • Quanto custa o álbum da Copa 2022?
  • Quanto custa fretar um boeing?
  • Quanto custa o ingresso do Rock in Rio?
  • Quanto custa a figurinha do Neymar?
  • Quanto custa um camelo?
  • Quanto custa o teste de Covid na farmácia?
  • Quanto custa o show do Justin Bieber?
  • Quanto custa o ingresso do Lollapalooza?
  • Quanto custa para completar o Álbum da Copa?
  • Quanto custa 65 dólares em reais?

Cruzando essas informações também com a categoria de “Acontecimentos”, dá para entender certa tendência, né? Perguntas relacionadas à eventos foi maioria nesse ranking (inclusive a dúvida sobre o camelo rs).

PERSONALIDADES

  • Lula
  • Klara Castanho
  • Rodrigo Mussi
  • Roberto Jefferson
  • Jair Bolsonaro
  • Jade Picon
  • Simone Tebet
  • Alexandre de Moraes
  • Padre Kelmon
  • Cris Rock

Cruzando os dados com a categoria “Acontecimentos”, você percebe o motivo da maioria dos políticos aparecerem nesta lista, né?

COMO DANÇAR

  • Toma Toma Vapo Vapo
  • Acorda Pedrinho
  • Malvadão 3
  • Malvada
  • Envolver
  • Galopa
  • Socadona
  • Dançarina
  • Sentadona
  • Desenrola, Bate, Joga de Ladinho

Será que essa tendência surgiu com o Tiktok?

ESPORTISTAS

  • Richarlison
  • Charles “do Bronx”
  • Yuri Alberto
  • Novak Djokovic
  • Fausto Vera
  • Bia Haddad
  • Karim Benzema
  • Popó
  • Rafael Nadal
  • Serena Williams

SÉRIES

  • Sandman
  • Euphoria
  • Dahmer: Um Canibal Americano
  • The Boys
  • Cavaleiro da Lua
  • Bom Dia, Veronica
  • Rebelde
  • Heartstopper
  • A Casa do Dragão
  • Stranger Things 4

Aliás, se você gosta de filmes, não deixe de conferir essa lista 29 filmes inspiradores que todo empreendedor e gestor deve assistir!

PODCASTS

  • Flow Podcast
  • A Mulher da Casa Abandonada
  • Ironberg
  • Cara a Tapa
  • Quem Pode, Pod
  • Podcats
  • Inteligência Limitada
  • Positivamente Podcasr
  • Mano a Mano
  • Fenômenos Podcast

VIROU MEME

  • Bora Bill
  • Flork meme
  • Lula meme
  • Mia Khalifa cloroquina
  • Will Smith meme
  • Ruivinha de Marte
  • Meme do The Rock
  • Freeza, por que você matou o Kuririn?
  • Jamal meme
  • Acorda, pedrinho

Deixa eu adivinhar: você provavelmente usou (ou pensou em usar) um desses memes nos posts das redes sociais, né?

RECEITAS

  • Bolo caseiro
  • Pão de queijo vegano
  • Yakisoba
  • Banofee
  • Bolo de cenoura de liquidificador
  • Bacalhoada
  • Quentão
  • Canjica para festa junina
  • Massa de panqueca
  • Mousse de maracujá

 

Você fez parte desse ranking? Encontrou nessa lista algum termo que você pesquisou esse ano? Conta pra gente nos comentários 😀

Tendências 2023

O relatório serve para acompanharmos a evolução pelos termos buscados pelos usuários e identificarmos tendências. A ideia é traçarmos esses dados com os dados que temos sobre nosso público e utilizá-los em nossas estratégias de marketing, com conteúdos e soluções.

“As categorias que envolvem perguntas dos usuários, são termos muito valiosos para nós que atuamos com marketing, pois dessa forma conseguimos entender melhor as dores e dúvidas que as pessoas possuem e tentar traçar uma tendência com o nosso persona em específico, de cada empresa” – aponta Veronica Gomes, consultora de marketing e marcas na Mkt Ideas.

Pra quem não conhece, a ferramenta do ranking é a Google Trends. Ela é gratuita e nos permite acompanhar a evolução do número de buscas por uma determinada palavra-chave ao longo do tempo. Ao pesquisar por uma palavra, o Google Trends mostra um gráfico em que o eixo horizontal representa o tempo e o vertical, o volume de buscas.

Está em dúvida se em determinada região do Brasil as pessoas usam mais “ferramentas” ou “software”? O Google Trends pode ajudar com essa resposta, por exemplo. Gostaria de saber se um influenciador é mais pesquisado do que outro para uma parceria? O Trends também pode ajudar nessa pesquisa.

Se esse artigo foi útil de alguma forma para você, compartilhe em suas redes sociais e participe de nossa lista VIP – assim você ficará por dentro de diversas dicas rápidas: 

Continue nos acompanhando em nosso blog, fanpage, instagram, linkedIn e Grupo no Whatsapp para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeIote #TakeIdeias

 

 

Se seus resultados estão estagnados e sua empresa não consegue gerar um ROI positivo, talvez esteja na hora de repensar o planejamento e o direcionamento das suas ações de marketing.

Estamos no penúltimo mês do ano e já está mais que na hora de planejar o orçamento de 2023.

Mas você já parou para pensar onde está o seu investimento de marketing? Você já fez um planejamento estratégico?

Se ainda não fez, pare tudo!

Você pode estar em um buraco maior do que imagina. Digo isso porque se a sua empresa não sabe onde quer chegar e não tem um planejamento para isso, qualquer ação pode parecer fazer sentido (ou não).

Independente do tamanho do seu negócio, “o planejamento de marketing auxilia no controle de gastos e no registro de ações para aumentar o número de vendas, por exemplo”,

– diz Marcos Bedendo, professor de marketing estratégico da ESPM.

Muitas vezes somos ansiosos e queremos já colocar a mão na massa. Mas a verdade é que, se você quer atingir os objetivos da sua empresa, é necessário traçar metas, e para traçar metas, devemos bolar um plano. Não é mesmo? O plano servirá como um mapa para que sua empresa chegue ao seu “destino”.

Quando você realiza um planejamento claro com cronograma e direcionamento para os próximos meses, as chances do resultado das ações serem mais assertivas são altas.

Dependendo do porte da sua empresa, isso pode significar a economia de milhares de reais ou um aumento no faturamento de milhões.

Vale fazer essa reflexão!

Então, pare e comece a pensar em estruturar a estratégia do seu negócio para que possa de fato impactar seus resultados no próximo ano.

Nunca é tarde para definir propósitos, objetivos, metas e resultados. Se precisar de uma mãozinha, conte conosco!

Um exemplo de planejamento de marketing pode conter coisas como:

  • Desenvolvimento de materiais de apoio para o time comercial
  • Criação e ajustes no site para aumentar sua conversão e performance
  • Reposicionamento da marca e identidade visual da empresa para geração de valor
  • Criar anúncios segmentados para alcançar o público alvo de forma mais rápida e eficaz
  • Aumentar a rede de relacionamento e engajamento com clientes nas redes sociais
  • Desenvolver conteúdos de qualidade no blog para que sejam encontrados nos sites de busca orgânica, se tornar referência no segmento e aumentar as visitas no site
  • Gerar leads nas etapas da jornada de compra, a fim de converter leads iniciantes mas também leads com bastante maturidade para vendas
  • Trabalhar essa geração através de materiais ricos e landing pages
  • Fazer automação de marketing afim de preparar os leads para o momento da compra, de acordo com o seu perfil e interesse, sempre trazendo para o fundo do funil, próximo a venda
  • Nutrir, se relacionar e divulgar as ofertas da empresa com seu público através de envios de e-mail marketing
  • Acompanhar e analisar os resultados a fim de encontrar melhorias e oportunidades de otimização

….quanta coisa!

Por isso é hora de criar ou repensar o seu planejamento de marketing.

Para te ajudar, nós montamos um passo a passo resumido de como criar um Planejamento de Marketing de Sucesso. Confira:

1- Analise a Empresa, Mercado, Público e Concorrente

Algumas informações norteadores do planejamento são os itens de identidade organizacional da sua empresa. Os 3 mais importantes são: Missão, Visão e Valores. A partir dessas informações vamos conseguir definir e planejar metas.

Avalie também quais são os fatores externos e internos que podem influenciar a sua empresa. É preciso analisar o mercado do segmento e o produto e ver quais são as capacidades do negócio. Anote suas forças e fraquezas (análise SWOT) e o capital disponível para ações de marketing.

Além disso, entenda quem são seus clientes. Às vezes, o público alvo ideal não é o consumidor. Você pode ter como objetivo atender a classe A, mas o seu consumidor é o C, ou vice versa. Para isso, devemos desenhar o persona da sua empresa com descrições detalhadas e específicas. Não queira ser abrangente demais, para não pulverizar os seus esforços.

Depois disso, avalie de maneira detalhada quem são e quais são os objetivos dos seus principais concorrentes. Veja o que estão fazendo e o que você pode fazer melhor para se diferenciar.

Dica: se você se diferencia, você deixa de ter concorrentes diretos e aumenta o seu valor de marca. ;) Portanto, encontre seu diferencial estratégico!

 

2- Trace suas Metas e Objetivos

Todas as suas ações de marketing devem ser miradas para atingir o tipo de retorno que você precisa obter. E toda meta deve ser pertinente com o seu nicho, sua estratégia, perfil da empresa e do público-alvo.

Por exemplo, se o objetivo for aumentar a exposição da marca, trabalhe com branding, rede de display, peças institucionais e o ações voltadas à essa meta. Se for aumentar as vendas, precisa entender de onde vem o faturamento de suas vendas e avaliar se o ideal é fazer com que os clientes comprem com mais frequência ou se a chave é buscar novos consumidores.

Lembre-se: o sucesso está nos detalhes e, para atingi-lo, é preciso dar um passo de cada vez.

Aqui, simplicidade e foco resumem tudo.

3- Defina suas Estratégias e Ações

Para cada meta definida, faça uma projeção de ações para alcançar o resultado planejado.

É hora então de avaliar quais medidas serão adotadas pela empresa: em quais canais deve estar, se investe em anúncios, quais materiais e artes serão necessárias, o tipo de conteúdo a ser desenvolvido, a periodicidade disso, se haverá promoções, quais serão as ofertas, e por aí vai.

Precisamos ter ações e diretrizes para alcançar o que planejamos.

Se está com dúvidas de como começar, faça o Raio-X do Marketing da sua empresa. Essa ferramenta te dá um relatório com pontos positivos e negativos do seu marketing atual e te aponta melhorias.

 

Leia também:

 

4- Estabeleça um Cronograma

Chegou a hora de criar um cronograma com as estratégias e ações definidas.

Recomendo que a sua projeção seja feita para no máximo 1 ano, mas se você estiver começando ou estiver em um mercado incerto, pode fazer a cada 3 ou 6 meses.

Se você já fez um planejamento anterior, avalie:

  • o que deu certo nos últimos meses
  • o que foi feito e
  • o que falta fazer para alcançar seus objetivos.

Um dos principais problemas com o cumprimento do planejamento de marketing são os prazos não respeitados.

Portanto crie uma planilha, uma ferramenta ou um documento que esteja detalhado as ações e estratégias dos próximos meses, com datas, os responsáveis e as periodicidades. Aqui nós usamos o Asana (tem a versão gratuita e contamos um pouco sobre ele nesse artigo aqui). Controle-o diariamente e identifique com antecedência possíveis rupturas, para evitar atrasos e possíveis prejuízos.

Aproveite e faça um calendário com datas comemorativas e sazonais. Veja o passo a passo neste artigo: Plano de ações: como usar as datas comemorativas para vender mais

5- Mensure os Resultados

Por fim, se você planejou e executou, precisa acompanhar os resultados e entender se eles estão saindo conforme planejado, pois assim pode realizar ações corretivas e pensar em novas estratégias para realizar no lugar de algumas que podem não estar dando certo.

Tão importante do que ter sua estratégia estruturada é ter a certeza de que ela:

  • está sendo bem executada,
  • que seus indicadores estão sendo bem acompanhados e,
  • acima de tudo, que as metas traçadas foram alcançadas.

Avalie qual a periodicidade necessária de avaliação desses resultados.

E-commerces e grandes portais, por exemplo, precisam ficar de olho no comportamento dos seus visitantes em tempo real, para identificar possíveis mudanças que possam indicar oportunidades ou riscos a serem evitados.

Mas dependendo do seu segmento, porte e periodicidade das ações, 1 vez por trimestre pode ser o suficiente. O importante é manter uma consistência no acompanhamento dos resultados.

Uma vez por mês é a periodicidade que geralmente nós aqui da Mkt Ideas mantemos com nossos clientes, assim conseguimos uma janela boa para avaliar resultados mais palpáveis e mensuráveis e gerar insights valiosos e concretos para as estratégias.

6- Reavalie sempre!

Todo planejamento de marketing não tem fim, por isso é recomendável que ele seja revisado, refeito e atualizado com dados como número de vendas, faturamento, rentabilidade e outros indicadores importantes de desempenho.

O consumidor e o mercado mudam o tempo todo, por isso é importante sempre manter seu planejamento atualizado com o cenário do momento.

Boa sorte!

Dica Plus: Sempre procure por empresas ou profissionais especializados

Você possui profissionais qualificados para estudar sua empresa, público alvo, mercado e construir o Planejamento Estratégico de Sucesso? Ou então uma equipe profissional para desenvolvimento das ações do seu Plano?

Se não, recomendo que você entre em contato conosco pra ontem. Vamos lá?

Nós estamos imersos todos os dias em ações de marketing e comunicação, por isso sabemos a melhor forma te de ajudar, com soluções eficazes e com foco em resultados concretos.

Se esse artigo foi útil de alguma forma para você, compartilhe em suas redes sociais e também cadastre seu email em nossa lista VIP:

Continue nos acompanhando em nosso blog, fanpage, instagram, linkedIn e Grupo no Whatsapp para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeIote #TakeIdeias

 

 

Elon Musk, o homem mais rico do mundo, fundador da Tesla e da SpaceX, agora também é oficialmente dono do Twitter. Nesta quinta-feira, dia 27 de outubro, Musk comprou o microblog por US$ 44 bilhões (R$ 235 bilhões) que estava em negociação desde abril, e agora planeja mudar as coisas.

Sua primeira medida foi demitir 4 dos principais executivos da empresa, incluindo o CEO, Parag Agrawal, segundo informou a imprensa americana. Musk havia confirmado que iria concretizar a compra da rede social e disse que estava fazendo isso “pelo futuro da civilização”.

Esta é uma das principais razões pelas quais esta notícia explodiu como um ponto final para a intriga sobre a aquisição do Twitter que circulou nas últimas semanas, e que ao mesmo tempo traz consigo novas controvérsias em torno das mudanças e perspectivas que a rede social terá a partir de agora.

Enquanto alguns analistas elogiam o valor do negócio para os acionistas, a aquisição planejada de Musk desperta preocupações com a saída de anunciantes, mudanças imprevisíveis de produtos e metas de receita pouco claras.

 

Leia também:

 

O futuro do Twitter sob Elon Musk

A afinidade de Musk com a rede pode permitir que ele melhore algoritmos e a experiência de uso em geral. Entretanto, alguns internautas demonstraram preocupações em relação à nova aquisição, temendo que a rede deixe de se tornar um espaço inclusivo para todos.

Até o momento, Musk informou que ainda está trabalhando em seus planos. No entanto, existem alguns indicadores sobre as intenções do homem mais rico do mundo, que ele expôs no próprio Twitter. Confira:

 

1. RESTAURAÇÃO DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO

A principal mudança que Musk busca no Twitter é expandir a liberdade de expressão na plataforma. Musk mencionou em mais de uma ocasião que o Twitter é “a praça da cidade” e que deveria ser um local adequado para qualquer pessoa se expressar da maneira que quiser. Isso é especialmente incisivo após as medidas que o Twitter aproveitou para tentar amenizar a desinformação que levou ao bloqueio de Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos, no início de 2021.

Após a compra no Twitter até agora, a única mensagem oficial de Musk em sua conta foi um aviso: “Espero que até meus piores críticos permaneçam no Twitter, porque é isso que significa liberdade de expressão“. Será que esse novo posicionamento irá trazer novos públicos pra rede?

 

2. SEM ANÚNCIOS NA PRAÇA

Musk acredita que para o Twitter atender ao propósito de “praça pública”, ele não deveria conter anúncios. Afinal, isso deixaria a plataforma dependente do dinheiro de empresas anunciantes e consequentemente, estaria sujeito a manipulações de acordo com o interesse de terceiros. Por isso, seu modelo de assinatura deve eliminar anúncios entre tweets.

No entanto, atualmente 90% da receita da rede é através da publicidade. Porém, Musk declarou que para redução de custos pretende descontinuar a sede da empresa em San Francisco ou então, eliminar o salário dos membros do conselho, economizando cerca de 3 milhões de dólares por ano. Além disso, aparentemente haverá uma forma de monetização através do Twitter Blue, que falaremos mais pra frente.

 

3. FUNÇÃO PARA EDITAR TWEETS

Uma das constantes e principais reclamações de vários usuários, inclusive do próprio Elon Musk, é que os tweets devem ser editáveis, e logicamente essa será uma das primeiras mudanças que poderemos ver na rede social. 

 

4. UM TWITTER DE CÓDIGO ABERTO

Outro dos planos que Musk compartilhou é a transferência do código do Twitter para um open sourcing, para que qualquer pessoa possa recomendar mudanças e novas funções, com as quais os desenvolvedores terão total liberdade para reestruturar o aplicativo e, claro, encontrar soluções viáveis ​​para os problemas que enfrentam.

Os algoritmos sempre proporcionam muito debate nas redes sociais. Ao longo dos anos, os usuários estão cada vez mais exigentes sobre a usabilidade das plataformas. Musk, parece querer contribuir para esse futuro de maior autonomia para aqueles que desejarem utilizar o Twitter.

 

5. CONTAS VERIFICADAS QUE PODEM SER COMPRADAS

Se até agora as contas verificadas no Twitter serviam para reconhecer essas personalidades ou empresas com base em sua relevância na rede social, agora Musk poderia adicionar a verificação de perfil aos seus assinantes do Twitter Blue, como mais uma garantia de autenticação da conta – que é pago e pode ser o modelo de monetização que mencionamos mais acima.

Esse ponto é polêmico, porém, para Musk, a autenticação diminuiria a presença de bots na plataforma. Um problema cada vez maior, acelerando a divulgação de fake news pela web, além da disseminação de discursos de ódio.

 

Futuro do marketing no Twitter: a rede social que revolucionou o mundo da mídia

Apesar de estar sempre à sombra do Facebook, o Twitter ainda hoje é influente e define tendências. Não há evento ou notícia mundial que não seja comentada nele.

A rede vem incorporando recursos que agradam usuários veteranos e engajam novos. A inclusão de várias fotos ou gifs nos tweets, a opção de fazer pesquisas, eliminar o limite de caracteres para mensagens privadas ou ampliar o limite de caracteres para 280 visam aproximar a rede social de seu público.

Ele foi projetado para ser um lugar para “notícias de última hora”, onde pessoas comuns se tornam emissoras, dando pequenas rajadas de informações em tempo real. Quanto mais as pessoas falam sobre um assunto, maior a probabilidade de ele “virar tendência” e chamar a atenção das principais notícias. 

De fato, muitas personalidades do mundo da política, do esporte ou da cultura utilizam a plataforma como mais um meio de comunicação. Embora outras redes sociais como Facebook e Instagram tenham um número maior de usuários, a viralidade de um comentário no Twitter ainda não tem concorrência direta. O Twitter é e tem sido uma revolução da Internet e da comunicação.

No entanto, nem todas as mudanças nos últimos anos agradaram a todos. Uma das mais notórias foi a mudança em sua linha do tempo, em que os tweets apareceriam em ordem de relevância e não em ordem cronológica. Isso não agradou aos fãs do Twitter, que logo começaram a usar a hashtag #RIPTwitter no Trending Topic.

E os impactos?

O que sabemos com certeza é que tudo o que ele fizer afetará muitas pessoas (o twitter tem cerca de 200 milhões de usuários em todo o mundo), e, portanto isso respingará aos profissionais de marketing que trabalham com a gestão de conteúdos e de anúncios nessa rede, devendo se preparar e ajustar suas estratégias.

Se Musk realmente reconsiderar seu plano de remover anúncios, os profissionais de marketing devem reavaliar onde investir melhor o orçamento que estão usando na publicidade paga do Twitter, migrando para outras redes sociais, por exemplo, como Instagram, Facebook, LinkedIn e Google Ads, e até mesmo em redes que talvez você ainda não tenha experimentado como TikTok , Snapchat ou Pinterest, visando, inclusive, que talvez haja migração dos usuários do twitter para esses canais. Pra te ajudar, confira esse artigo: Redes Sociais: minha empresa precisa estar presente em todas?

Sempre há alternativas para atingir seu público-alvo – seja claro com seus objetivos, pense no que você estava tentando alcançar no Twitter e ajuste sua estratégia de acordo.

Porem, é importante não esquecer que o Twitter tem atualmente mais de 200 milhões de usuários ativos diários. Sem poder investir em anúncios, uma estratégia orgânica forte se tornará ainda mais vital para manter uma presença na plataforma. Portanto, reavalie sua estratégia atual do Twitter e considere onde você pode aprimorá-la. Mantenha seu conteúdo relevante, mantenha a voz da sua marca e analise qual tipo de conteúdo terá valor para seus seguidores e sua comunidade.

Os tweets têm uma vida útil notoriamente curta, então invista algum tempo planejando com antecedência, usando a ferramenta de agendamento para aumentar sua frequência diária e manter uma forte presença no feed.

Por fim, essas são algumas das previsões que o Elon Musk expôs no twitter e tudo pode mudar, ou não. Mas uma coisa é certa, os profissionais de marketing não podem se dar ao luxo de apenas sentar e assistir o desenrolar.

Mantenha-se atualizado, seja dinâmico com sua estratégia e saia na frente da concorrência, estando preparado para se adaptar assim que for a hora certa!

.

E você, o que acha que vem por aí?

Deixe seu comentário e aproveite e faça como os 5.347 inscritos: assine grátis nossa newsletter e faça parte da nossa lista VIP:

 

 

 

Continue nos acompanhando em nosso blog, fanpage, instagram, linkedIn e Grupo no Whatsapp para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeaNote #TakeIdeias

 

É…. 2022 foi um ano de desafios, não é mesmo?

O fim do ano está se aproximando! Estamos entrando no último trimestre do ano e as árvores de natal já começam a aparecer nas lojas.

Mas antes de Natal e Ano Novo, há uma outra ocasião muito relevante no aumento das vendas para o comércio: a Black Friday, que, neste ano, acontecerá no dia 25 de novembro.

O evento é uma das datas mais lucrativas, chegando a superar datas mais “tradicionais”, como o Dia das Mães.

Isso nos mostra que a Black Friday é um ótimo evento para os empresários conseguirem conquistar todas as vendas que não conseguiram realizar durante o ano. Ainda mais nesse momento que estamos vivendo com a retomada da economia!

Aliás, se você não sabe como inovar e sair na frente da concorrência, baixe nosso e-book gratuito:

Porém, será que a Black Friday 2022 será de grandes vendas?

O Brasil e o mundo ainda sofre com os impactos que a pandemia trouxe nos últimos 2 anos, mudando o comportamento de compra do consumidor.

Compras feitas por impulso, por exemplo, podem se tornar menos frequentes. Por outro lado, de acordo com o SEBRAE, mais de 3,9 milhões de empreendedores abriram um novo negócio no país, como reflexo de novas formas de renda diante da pandemia, o que significa para os empresários mais concorrência (diretas e indiretas).

Também é importante dizer que, mesmo assim, os empresários brasileiros tiveram no período de 2021 um faturamento de 4,2 bilhões em vendas. Um crescimento de 5% em relação a 2020, que teve 4,02 bilhões (crescimento de 25,1% em relação à pré-pandemia, em 2019), de acordo com dados da NielsenIQ Ebit.

Com mais pessoas em casa, o crescimento ocorreu principalmente no e-commerce, enfraquecendo as lojas físicas. Já este ano, as lojas estarão oferecendo mais ofertas em todos seus canais, sejam digitais ou físicos, afinal, com a melhora da pandemia, o consumidor está mais confiante em ir pessoalmente aos estabelecimentos. 

Como complemento, uma recente pesquisa realizada pela Globo, relata que 50% dos consumidores brasileiros pretendem realizar compras na Black Friday em 2022, e traz à tona um importante evento que ainda ocorrerá este ano: a Copa do Mundo.

Vale dizer, que os consumidores estão contendo cada vez mais suas despesas e se tornando verdadeiros caçadores de bons preços. As promoções e condições especiais nunca foram tão importantes para o bolso.

Como a Black Friday é um evento de grande relevância dentro do calendário do comércio, o consumidor já aprendeu a esperar pela data para adquirir os produtos e serviços de seu interesse e até mesmo antecipar as compras de Natal e Ano Novo (e agora, Copa do Mundo).

Então, respondendo à pergunta:

Sim. O Black Friday 2022 promete! Mas só depende de você…

Se contar preparação e estratégias que te possibilitarão ganhar mais clientes e lucratividade. Por isso, confira as 6 dicas que separamos para você:

Dicas de marketing para ter sucesso na Black Friday: 

 

        1. Se planeje com antecedência

O gestor que quiser garantir a sua fatia desse montante já deve começar o quanto antes a pensar em todos os detalhes.

A Black Friday exige que os empresários preparem com antecedência o seu marketing para atender os milhões de consumidores que estão em busca das melhores ofertas.

Portanto, para que essa data seja lucrativa, primeiramente é necessário um bom planejamento. Não adianta deixar tudo para a última hora e improvisar. Pode até ser que dê algum resultado. Mas com um planejamento bem pensado e estruturado, os ganhos serão ainda melhores.

Se a expectativa é grande por parte dos consumidores, a preparação por parte das empresas também acontece com muita antecedência.

       2. Ofereça descontos dignos de Black Friday

Primeiramente, é preciso criar ofertas reais e ser honesto com o consumidor.

Nas primeiras edições, a Black Friday no Brasil acabou sendo uma decepção para os consumidores e a data ficou mais conhecida como Black Fraude, em razão dos descontos irreais e das falsas ofertas.

A solução para mudar o senso comum é partir sempre da verdade e, realmente, dar ao consumidor as vantagens que sua campanha vende. Aposte não só nos descontos, mas em cupons, pacotes e até brindes especiais.

Se sua empresa for B2B (que vende serviços), pense também em ofertas especiais e atraentes para o seu público, como: percentual de descontos para contratos fechados no dia/semana x; uma análise ou consultoria gratuita para os 10 primeiros clientes; pacotes exclusivos; bônus de entregas à mais; e outras propostas nessa linha.

Aproveite momentos como esse para trabalhar também a fidelização dos clientes.

Vale lembrar que esses descontos precisam ser condições exclusivas de Black Friday, se não, não fará muito sentido o consumidor esperar essa data!

 

Leia também:

.

        3. Ambientize seu site e espaço físico

Outro ponto essencial é a ambientação do seu site, loja e escritório que, assim como em outras datas comemorativas, deve estar estilizada.

Investir em selos, banners e até um logotipo especial fará toda a diferença no momento das vendas. Isso faz com que o consumidor identifique rapidamente a campanha e sinta mais confiança na sua empresa.

Adeque ainda seu site para que suporte o pico de acessos sem sair do ar, afinal, ficar offline em plena Black Friday é perda na certa, além de ser péssimo para experiência do usuário.

        4. Otimize seu site

Vamos falar agora da experiência do usuário (UX). Isso é algo que não pode ficar de fora, de jeito nenhum, na Black Friday. E para isso precisamos falar de um assunto muito importante: a usabilidade mobile do site.

O tráfego web por meio de dispositivos móveis vem crescendo cada vez mais, sendo assim, seu site precisa estar adequado para o acesso pelo celular.

O tempo de carregamento também afeta diretamente a taxa de rejeição do seu site. Essa taxa (ou bounce rate) mostra a porcentagem de pessoas que visitaram o seu site e o deixaram rapidamente. Se o seu site demorar muito para carregar, os visitantes vão deixar sua página de maneira prematura.

Portanto, o design, a funcionalidade e a quantidade de conteúdo são coisas muito importantes e que influenciam diretamente nas vendas. Pois, se a página não for amigável e o consumidor tiver muita dificuldade de acessar o site pelo smartphone, certamente, ele desistirá da compra.

O UX design tem sido tão importante nos últimos tempos, pois se refere a experiência do usuário, a forma como o consumidor interage com seu site e com os elementos que ali são disponibilizados. Confira mais dicas sobre UX e outros elementos nesse artigo: Dicas sobre design que irão alavancar as conversões do seu site

Ainda falando de SEO, não deixe de analisar títulos, descrições, conteúdos, URLs e palavras chave, principalmente relacionadas a Black Friday.

 

Está gostando do conteúdo? Faça como os 5.347 inscritos: assine grátis nossa newsletter abaixo e faça parte da nossa lista VIP:

        5. Se atente no atendimento

Também se prepare para o atendimento e suporte ao cliente. Tenha uma equipe treinada para oferecer atendimento ágil e eficiente aos clientes na hora da compra. É uma maneira de evitar devoluções ou reclamações e um incentivo para as pessoas voltarem a comprar.

No caso de produtos, não se esqueça de pensar no estoque e na logística. Tenha um bom número dos principais produtos de sua loja em estoque, garanta ainda certa quantidade a mais por segurança, afinal cliente nenhum quer ver a mensagem de “produto indisponível” e você, certamente, não está interessado em perder vendas.

Mantenha ainda um olhar rigoroso sobre os processos de logística – a entrega pode ser um dos fatores decisivos no momento da compra. Caso haja a possibilidade de atrasos na entrega, expresse isso antes mesmo que o cliente faça a compra.

O custo do frete também deve ser pensado. Negocie custos com os parceiros de logísticas e estipule melhores prazos de entrega que sejam viáveis para ofertar na data.

Não se esqueça do pós-venda hein! Na entrega do produto ou serviço, dê motivos para o cliente voltar: envie recompensas como cupom de desconto ou brinde especial pra resgate na próxima compra; amostra de produto; mensagem de agradecimento; pedido de avaliação, etc. Torne a experiência com sua marca especial.

        6. Divulgue e crie antecipação nos canais digitais

Use as redes sociais, faça campanhas de e-mail marketing e aposte em anúncios (publicações impulsionadas no facebook e instagram podem dar ótimos resultados). Elas são grandes aliadas!

Através delas, é interessante manter seus consumidores informados sobre quais produtos entrarão em descontos o quanto antes e criar o desejo de antecipação com conteúdos alinhados a seus interesses.

Exemplos de call to action (chamadas para ação) que podem ser usadas para atrair o público:

  • Só 24h com até 66% off
  • Frete grátis só hoje
  • Os 100 primeiros clientes vão ganhar um presente
  • Sua chance de ganhar até R$100
  • Só hoje ganhe até R$60
  • Esquenta Black Friday: ganhe até 50% de desconto
  • Só hoje ganhe um super bônus para compras acima de R$150
  • Ofertas antecipada a semana toda! Ganhe até 60% OFF
  • Dormiu, perdeu! Ofertas da madrugada com até 50% de desconto

Muitas outras chamadas podem ser usadas, vai depender do quanto a sua empresa está ofertando, se é B2B ou B2C e também da linguagem usada com o público.

Em 2017 a Shopify realizou uma pesquisa que apontou que e-mails na Black Friday e Cyber Monday converteram mais que outros canais de atração como redes sociais, e, atualmente, ele continua sendo uma poderosa ferramenta:

 

Gráfico da Shopify comparando a conversão dos canais de marketing

Porém, para realizar campanhas de e-mails é necessário ter uma base de clientes e ferramentas que realizem segmentações e automações, além de ter estratégias para conseguir o e-mail de seu potencial cliente, como em landing pages.

 

Está preparado?

Essas são algumas dicas valiosas que, se você se dedicar e implementar, com certeza colherá ótimos frutos!

Conforme já falamos neste artigo aqui, as datas comemorativas resultam em ações com mais apelo de engajamento e conversão. Isso, porque, elas são ótimas para fortalecer a sua marca, aumentar o vínculo com seus clientes e melhorar as vendas.

Se você possui ou gerencia um negócio e não quer ficar de fora, entre em contato conosco agora mesmo para te ajudarmos com a criação do material gráfico, divulgação, criação de anúncios e estratégias:

 

Continue nos acompanhando nosso blog, fanpage, instagram, linkedin e Grupo no Whatsapp para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeaNote #TakeIdeas

 

 

Tudo o que possa otimizar nosso dia a dia no trabalho deve ser levado em conta, né? Nós sabemos exatamente o quanto isso é importante.

Nessa busca crescente, a primeira providência é ter mais controle da gestão nos diferentes setores da empresa, organizando-se de tal forma que todas as atividades estejam em perfeita sincronia e funcionamento. Parece um sonho, né?

Mas é possível!

Felizmente, hoje em dia existem diversos sistemas em nuvem (permitindo acesso de qualquer lugar e qualquer hora) para administrar e simplificar os processos empresariais a fim de garantir resultados positivos e o sentimento de realização no final do dia!

Afinal, queremos que nossa empresa seja previsível, escalável e lucrativa, não é mesmo? Fazendo uso destes recursos e aprimorando o fluxo do seu trabalho, você vai fazer mais e gastar menos. #TimeIsMoney!

Aqui na Mkt Ideas, sempre fizemos o uso dessas ferramentas pois nossa agência sempre foi 100% digital. Parte do time trabalha de forma remota desde sempre. Então pensando nisso, soltamos uma lista com as principais ferramentas e aplicativos úteis que utilizamos e que nos ajudam a administrar, produzir e gerenciar melhor nosso trabalho, para que você aproveite utilize na sua empresa também.

E o melhor, todos com versão grátis.

Vamos lá? Então tome nota e #TakeIdeas:

GERENCIAR EQUIPES E PROJETOS

→ Asana

Ferramenta de gestão de projetos

Asana

O Asana é uma ferramenta de gerenciamento de projetos bem completa e cheia de funcionalidades.

Aqui na Mkt Ideas nós usamos o Asana na gestão de nossos projetos, tarefas e fluxo de trabalho com as equipes internas. Quem trabalha nesse meio sabe que o projeto envolve muitos processos, né? Já chegamos a utilizar o Trello, mas conforme a demanda e a equipe foi aumentando, o Trello não foi mais suficiente para a gente.

O legal do Asana é a profundidade das funcionalidades das tarefas com projetos complexos e equipe grande. Além de podermos integrá-lo com o Google Drive e diversos outros aplicativos, facilitando a acessibilidade e a utilização dele.

Outro ponto interessante é que o sistema possui várias funções como upload de arquivos, checklist, mensagens, calendário. Ele se parece com uma rede social, mas focada no gerenciamento.

É de graça :) e também possui planos pagos.

→ Trello

Ferramenta de gestão de projetos

Trello

O Trello é também uma ferramenta de gerenciamento de projetos, porém mais simples. Baseando-se na metodologia Kanban, cada tarefa ou recurso é um card (listas) e você pode organizá-los em boards (quadros).

Ele não atende nossas demandas internas (que são extensas), porém atende muito bem o acompanhamento das nossas entregas e comunicação com os clientes. Por necessitar acompanhar apenas a entrega do projeto, o processo é bem mais sucinto, então o cliente consegue acompanhar os cards que separamos por To Do (à fazer), Doing (fazendo), Pending (pendente, em aprovação), e, Done (feito).

Por ter uma interface bem simples e intuitiva, é só bater o olho e já dá para se ter uma visão clara dos fluxos de trabalho. Além de documentarmos os processos em checklists, definir prazos e deixar comentários.

É de graça :) e também possui planos pagos.

 

Leia também:

.

Google Docs

Ferramenta de gestão de documentos

Google Docs é uma ferramenta do Google que permite que você crie documentos em texto, planilhas, apresentações, pesquisas. Tudo aquilo que normalmente você criava no Office. A diferença é que tudo fica sempre online, disponível para quem você compartilhar, e todas as pessoas que você autorizar podem editar ou comentar no documento simultaneamente.

Para criar, fazer atividades em conjunto ou editar um documento, sempre usamos o Google Docs. Tanto com os clientes, como com nossa equipe interna.

Diversas vezes trabalhamos na produção de um projeto com duas ou mais pessoas ao mesmo tempo, principalmente entre as equipes de redação. A ferramenta também suporta comentários, chat, edição e permissões.

É de graça :) e também possui planos pagos.

 

SE COMUNICAR MELHOR

→ Skype

Ferramenta para chamada em vídeo, voz, mensagens e compartilhamentos

Skype

Skype é um software que permite troca de mensagens através de conexões de voz e vídeo, ou seja, fazer ligações e vídeoconferências, além de trocar mensagens, podendo ser com apenas uma pessoa ou em grupo.

Usamos muito o Skype para se comunicar com clientes e com a equipe. Por lá é possível organizar as mensagens com mais facilidade, pois mantemos contato focado nos projetos, apenas com as pessoas que fazem parte (clientes e equipe). Diferente do WhatsApp, que é aberto ao público externo no geral e etc.

É possível criar grupos e já utilizamos muito no começo para realizar videoconferências, porém sentimos que o sistema trava muito, então migramos para outros aplicativos (apenas para essa função, que mostraremos no próximo tópico).

É de graça :) mas você pode usar a versão paga e comprar um número fixo/voip para atender através dele, em qualquer dispositivo.

Whereby e Google Meet

Ferramenta para chamada em vídeo e mensagens

Ambos são aplicativos de chamada em vídeo que usamos para marcar reuniões/videoconferências. É possível compartilhar tela, mostrar apresentações e enviar arquivos. Eles nos ajudam a economizar tempo com deslocamento físico e reduzir custos com as operadoras de telefonias tradicionais pois as chamadas são gratuitas (usando apenas a rede de internet).

O bacana no Whereby é que não exige que o usuário tenha uma conta para acessar a sala com você, e, você pode criar uma url personalizada para sua empresa (como a nossa: whereby.com/agenciamktideas). É preciso apenas gerar uma URL para sua empresa e, em seguida, compartilhar com quem deseja ligar. Pronto. Basta ambos acessarem a URL e começar a videoconferência.

O Google Meet temos usado como uma segunda opção e também é bem interessante, porém exige que a pessoa tenha conta no Google (mas, quem não tem né?). O interessante deste último é que ele já é integrado com o Google Agenda (que falaremos no próximo tópico).

São de graça :) e também possuem planos pagos.

 

NÃO PERDER O ‘TIMING’

Google Agenda

Ferramenta para gestão de agendamentos

Google Agenda

 

Google Agenda é uma agenda na nuvem, que permite a criação e organização de compromissos, separados por data e horário. É possível convidar colegas para estas tarefas fazendo com que apareçam na agenda de todos.

Ele é perfeito para marcarmos reuniões, atividades e outros eventos importante na agenda, mantendo controle do que será feito no dia e nos próximos. Nós integramos o Asana com ele, assim, na agenda também aparece as tarefas que marcamos na outra ferramenta.

Tem nos ajudado bastante na produtividade e na programação das atividades, reduzindo a possibilidade de perder algo importante, já que ele envia alertas.

É de graça :)

 

Está gostando desse artigo? Aproveite e faça como os 5.347 inscritos: assine grátis nossa newsletter abaixo e faça parte da nossa lista VIP:

Tomato Timer

Ferramenta para gestão de tempo

Uma das estratégias matadoras para ter mais foco e vencer a procrastinação é o uso de timeboxes: blocos de tempo em que você foca exclusivamente em uma tarefa, eliminando todas as outras distrações. Isso é sinônimo de foco!

Tomato Timer é uma ferramenta baseada na Pomodoro, uma técnica de produtividade que ajuda a manter o foco e utilizar o tempo de forma mais eficiente. Essa técnica sugere que você intercale 25 minutos de foco total em suas atividades, seguidos por cinco minutos de descanso para olhar as redes sociais, ir ao banheiro ou tomar café. Após quatro blocos de trabalho, é recomendado fazer um intervalo maior, de 10 a 30 minutos.

Sempre há algo que nos distrai no dia a dia, seja ligações, emails, redes sociais, e seguindo as sugestões do Tomato Timer, nos ajuda manter o foco no trabalho. Para o texto desse artigo, por exemplo, levei cerca de 8 pomodoros (sem contar com revisão, edição e postagem).

É de graça :)

Clockify

Ferramenta para gestão de tempo

Clockify

Clockify é um aplicativo de controle de tempo e quadro de horários que permite rastrear as horas de trabalho nos projetos.

Integramos ele com o Asana e acompanhamos o tempo que nossa equipe leva para cada projeto. Dessa forma, temos um relatório que mostra se estamos levando muito ou pouco tempo em um job, baseado no tempo pré-estabelecido do projeto (que foi definido a precificação dele). Ele inclusive te mostra as “despesas” que teve com horas extras em um projeto.

É uma ferramenta bem completa com relatório, cronômetro, planilha de horário, calendário e relógio. Ele também consegue rastrear os aplicativos e sites que você mais usa, então se perceber que está perdendo tempo com páginas desnecessárias, é hora de se policiar!

É de graça :)

ORGANIZAR AS INFORMAÇÕES

→ Google Keep

Ferramenta para anotações

Google Keep funciona como um “acervo criativo”, como eu gosto de chamar, que tem a finalidade de ser utilizado para registros rápidos. É possível fazer anotações, armazenar fotos, vídeos e mensagens de voz, além de compartilhar informações entre as pessoas cadastradas.

É bastante útil, principalmente quando não dispomos de papel e precisamos fazer uma anotação qualquer. A gente usa muito para anotar ideias que surgem do nada para trabalhar nelas depois, claro.

Além disso, ajuda na produtividade, pois elimina aqueles papeizinhos incômodos (post-its), que se perdem, são esquecidos e tomam o tempo para serem organizados.

É de graça :)

Google Drive

Ferramenta de gestão armazenamento

Google Drive

Google Drive é uma ferramenta de armazenamento de arquivos em nuvem.

Nós o usamos muito para armazenar e centralizar as informações e os projetos (Google Docs, que citamos mais acima) em um só lugar, poder compartilhá-los com clientes, equipes e parceiros e até mesmo para fazer backups.

É de graça :) e também possuem planos pagos.

→ CamScanner

Ferramenta para digitalização 

CamScanner é um aplicativo para smartphone que digitaliza documentos.

Basta tirar uma foto com a câmera do celular que o aplicativo ajusta a página e aplica efeitos de correção na imagem para que o texto fique mais legível. A ferramenta permite ajustar a posição do papel e enviar ao seu email, como imagem ou PDF.

Quando não estamos no escritório, e precisamos repentinamente enviar algum documento digitalizado, usamos esse aplicativo. Ele, inclusive, é uma ótima solução para quem não tem scanner.

É de graça :)

 

GERENCIAR CONTRATOS E FINANCEIRO

→ ClickSign

Ferramenta para gestão de contratos

ClickSign é um aplicativo de assinatura digital de contratos.

Ele é excelente para reduzir custos com cartório e deslocamento, e nos possibilita a de assinatura remota de contratos e documentos com validade jurídica e possibilidade de uso de certificado digital para as assinaturas.

Já perdemos muito tempo no passado imprimindo, escaneando contrato e aguardando a assinatura do cliente, pois ele também tinha que fazer o mesmo processo de imprimir, escanear em duas vias e nos enviar. Conhecer essa plataforma, nos ajudou a agilizar a venda e profissionalizar bastante nossos processos.

É de graça :) até cinco documentos por mês e também possuem planos pagos.

→ Asaas

Ferramenta para gestão financeira

O Asaas é um sistema online de gestão financeira que usamos há bastante tempo.

Utilizamos ele emitindo os boletos e NF aos clientes. O interessante pra gente é que ele permite o controle e a automatização das cobranças, enviando notificações e alertas por SMS e email, facilitando muito a nossa gestão e diminuindo a inadimplência. Ele também é integrado com o Serasa, sendo possível ativar a negativação dos clientes inadimplentes.

Também é possível fazer integração com outras ferramentas, como de gestão de projetos (Asana) e de marketing (RD Station).

É de graça :) e também possuem planos pagos.

 

CONCLUSÃO

O nosso objetivo é mostrar que a organização e automação é possível sem altos custos e com uma economia de tempo e melhora na produtividade, mas exige uma alta dose de disciplina, para que novos hábitos sejam criados e mantidos.

O que desejamos com esse artigo é demonstrar que a tecnologia deve ser nossa aliada na busca de melhores resultados e consequentemente, melhor qualidade de vida, com os processos organizados e as tarefas cumpridas com sucesso e satisfação final em cada dia de trabalho.

Que tal, então, começar a testar algumas das ferramentas que indicamos para entender como o seu tempo pode render mais e se tornar um ativo ainda mais valioso para a sua empresa?

 

[bônus] GERENCIAR O MARKETING

→ Raio-X do Mkt

Ferramenta para avaliação da gestão do marketing

E já que estamos falando em tecnologia, aproveito para disponibilizar o Raio-X do Marketing: uma ferramenta que faz um diagnóstico gratuito de ponta a ponta do marketing da sua empresa e te entrega um relatório com recomendações práticas para melhorar seus resultados.

Através dessa ferramenta, você descobre a nota do marketing da sua empresa, em uma escala de 1 a 10, e potenciais oportunidades e ganhos não explorados pela sua empresa.

É de graça :)

 

Continue nos acompanhando em nosso blog, fanpage, instagram, linkedIn e grupo no whatsapp para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeaNote #TakeIdeias

 

Você já reparou como algumas empresas têm seu nome forte no mercado, são facilmente reconhecidas e sempre citadas quando o assunto são os produtos que elas comercializam ou serviços que prestam?

Pense rápido: uma marca de refrigerante? Tenho certeza que você pensou na Coca-cola…

Isso não acontece por acaso.

Um trabalho bem feito de gestão de marca, conhecido como branding, certamente faz parte da estratégia desses negócios, gerando resultados positivos no médio a longo prazo.

Diferente do que muitos pensam, marca não é apenas o logotipo da empresa.

Marcas compreendem um conjunto de características que retratam a empresa e o que ela pretende realizar. Implicam em promessas ao público e como elas são percebidas.

As pessoas fazem julgamentos sobre o quão forte ou fraco um negócio é só de olhar para o logotipo. Mas claro, seu logo é apenas um dos itens que compõem a sua marca, pois há muito mais além dele e por trás dele conforme apresentamos neste artigo aqui.

Isso significa que, mais do que contratar um designer para sua empresa e transformar o nome dela em um formato visual de identificação, todos os demais elementos que envolvem o seu negócio estão em contato com os consumidores atuais e potenciais e fazem parte da representação de uma marca.

Leia também:

Uma marca forte e bem posicionada faz com que o produto ou serviço se diferencie da concorrência, criando uma conexão visual, emocional e cultural entre empresa e consumidor. Já ouviu aquela frase “compra na emoção, justifica com a razão”?

E essa conexão vem através de atributos, benefícios, posicionamento, personalidade, proposta de valor e cultura.

Vamos nos aprofundar neles:

Atributos e Benefícios

Sua empresa será lembrada por algum atributo predominante na mente das pessoas, que traduz o benefício associado a marca, produto ou serviço.

Exemplo: Duracell: durabilidade; Volvo: segurança; Cirque Du Soleil: entretenimento de alto nível; Google: acesso a informações.

Posicionamento

Posicionamento é o lugar que uma marca ocupa nos corações e mentes de seus clientes, diferenciando-se da concorrência.

O que sua marca faz de diferente e melhor que o resto do mercado para que ela ganhe a preferência de seus clientes? O posicionamento pode retratar um benefício/atributo (que citamos no tópico anterior) em que sua empresa é superior.

Aspectos como confiança, sucesso e credibilidade podem ser pilares de posicionamento.

Personalidade

A personalidade da marca expressa a constância de atos e atitudes associadas a empresa, como confiança, inteligência, responsabilidade e acolhimento, por exemplo.

A marca Ninho tem uma personalidade carinhosa e acolhedora, fielmente retratada em seu logotipo, onde uma ave alimenta cuidadosamente seus filhotes.

 

Está gostando desse artigo? Aproveite e faça como os 5.347 inscritos: assine grátis nossa newsletter abaixo e faça parte da nossa lista VIP:

Proposta de Valor

A proposta de valor é o porquê da escolha da sua marca pelo público

Pense cuidadosamente sobre o que você pode oferecer a seus clientes e porque isso é único em comparação com marcas semelhantes que oferecem os mesmos produtos.

Cultura e Valores

A marca pode traduzir ou representar uma cultura e valores, seja elas conservadoras, arrojadas, irreverentes, etc.

Ela deve representar valores que seus consumidores acreditam profundamente e estão dispostos a defender.

Quem não gosta de se relacionar com pessoas e empresas caracterizadas e reconhecidas como defensoras de uma causa, além de ter seu manifesto projetado na mídia?

 

Essas são algumas das principais características com maior força para criar conexões emocionais e identificação com o público.

Elas devem ser traduzidas em cores, formas, fontes, elementos, símbolos, ícones e suas formas de aplicações. Isso envolve tudo aquilo que, quando o cliente entra em contato com sua empresa, produtos ou serviços, represente o que ela é. Ou seja, uma vez impactado e conquistado, dificilmente o consumidor irá ceder ao concorrente.

Essa percepção contribui para a identificação da empresa e, assim, pela preferência na hora da decisão de compra. Por isso o discurso tem que corresponder com a qualidade e com a realidade do seu negócio.

“uma marca é composta por ideias, associações e emoções que as pessoas têm”.  Nigel Hollis, autor do best-seller The Global Bran

Durante a criação de uma marca, nós da agência Mkt Ideas apresentamos ideias criativas, capazes de criar uma linguagem intuitiva, que agregue valor e deixe mais claros os potenciais da empresa, fazendo com que a marca seja bem representada e fortalecida no mercado. Contamos um pouco sobre o processo nesse artigo: Qual o valor de um logotipo estratégico?

Torne sua marca um case!

Dedique um tempo para refletir bastante sobre essas características. Seguindo elas a risca, tenho certeza que sua marca será um sucesso!

Mas para ela se consolidar, sugiro pra você o infográfico abaixo! Nele, você vai descobrir os próximos passos, que vão desde o modelo de negócio, passa pelo design e vai até marketing. Confira:

 

Continue nos acompanhando em nosso blog, fanpage, instagram, linkedIn e Grupo no Whatsapp para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeaNote #TakeIdeias

 

Já falamos nesse artigo sobre como montar o planejamento de marketing da sua empresa e ter uma visão mais macro do seu negócio.

Porém, se você já montou o planejamento de marketing e partiu para a parte operacional, “mão na massa”, deve ter pensado “como montar agora um plano de ação?

Criar um plano e trabalho atrelado as datas comemorativas é uma excelente oportunidade para quem deseja alavancar seus negócios em determinados períodos e celebrações do ano.

Dificilmente você vai encontrar um empresário ou gestor que não venda mais no Dia das Mães e não veja o faturamento subir na Black Friday, por exemplo.

Seja qual for o modelo da sua empresa, aproveitar as datas comemorativas, e também as sazonalidades, para orientar o planejamento, pode resultar em ações com mais apelo de engajamento e conversão.

Isso, porque, elas são ótimas para fortalecer a sua marca, aumentar o vínculo com seus clientes e melhorar as vendas.

Atualmente, as datas comemorativas mais importantes para a grande maioria são:

  • Páscoa
  • Dia das Mães
  • Dia dos Pais
  • Dia das Crianças
  • Black Friday
  • Natal

Essas duas últimas são consideradas as mais relevantes.

Mas também existem outras especiais, como Dia dos Namorados, Dia do Livro, Dia do Rock. Tudo depende do segmento e estratégia da sua empresa.

O Calendário de 2023 está repleto de oportunidades para você aumentar o faturamento da sua empresa, se diferenciando da concorrência. É importante entendermos que promoções e ações sazonais funcionam muito bem para dar um empurrãozinho naquele contato que está em cima do muro.

Leia também:

Para ter sucesso nas campanhas de datas comemorativas, independente do segmento, é importante estar atento a alguns detalhes: um bom planejamento é indispensável para dar direção à ação estratégica que será adotada pelo seu negócio. Afinal, quando se tem um caminho claro a seguir, ganha-se tempo e dinheiro!

Diante disso, trago neste post algumas dicas para que você consiga aproveitar as datas comemorativas e as sazonalidades para atrair, se relacionar e vender muito mais.

Como criar um planejamento com cronograma?

Passo a passo para o plano:

1– Mapear as datas comemorativas

Hoje temos data comemorativa para tudo e todos: Dia do Meio Ambiente, Dia Mundial da Água, Dia da Secretária, Dia do Médico, Dia do Advogado, Dia do Planeta e, pasmem, tem até Dia da Toalha, Dia do Cotonete e Dia da Praça!

Essas datas são ótimos gatilhos para você promover sua empresa e criar conteúdo e ações originais e criativas, atreladas ao seu negócio.

Embora o ano tenha muitas datas importantes, nem todas serão relevantes para o seu negócio. Por exemplo, uma loja que vende roupas apenas para adultos, não precisa pensar em ações para o Dia das Crianças.

Por isso, identifique as datas comemorativas que representam eventos e e momentos significativos para o seu segmento e que fazem sentido para a sua persona e o posicionamento da sua marca.

2– Analise o mercado e a concorrência

Buscar inspirações no mercado e até mesmo junto à concorrência pode auxiliar a estimular a criatividade para criar ações inéditas, que vão despertar o interesse e a curiosidade do público de conhecer a sua marca e o que ela tem a oferecer de vantajoso.

Além disso, analisar uma ação que já foi consumida pelo mercado é um meio de saber por onde começar, como identificar ações que tenham boa repercussão e evitar abordagens que possam não ter o efeito almejado.

3– Fazer um resgate histórico

Se sua empresa já está no mercado há no mínimo 1 ano e já realizou qualquer tipo de ação de marketing, o resgate dessas ações pode trazer referências valiosas.

Avalie os meses do ano em que as vendas são mais altas e os meses em que as vendas não são tão expressivas. Identifique as razões para esses resultados e avalie o comportamento geral do seu consumidor.

Dessa forma, você saberá em quais períodos há uma aderência mais forte do seu público, conseguirá planejar o futuro com base em dados concretos do passado e terá um norte mais bem definido.

Seja nos formatos mais tradicionais, as datas comemorativas podem já ter sido foco de um planejamento anterior de marketing, agilizando assim a elaboração do planejamento deste ano.

Agora, se você está começando, tente fazer esse mesmo exercício olhando para concorrentes e negócios parecidos com o seu. Assim, fica mais fácil escolher em quais datas você irá fazer campanhas sazonais.

4– Definir uma campanha especial

Agora é o momento de definir o propósito e o formato em que as ações serão trabalhadas:

VENDAS?

Datas para ações comerciais: algumas datas comemorativas são importantes para o comércio e não devem ficar de fora, pois o seu concorrente provavelmente fará alguma ação nesse período. Como o mercado investe agressivamente nessas datas, a dica aqui é ir além do desconto e ser criativo para chamar atenção.

Exemplo #1 –  Loja de chocolate gourmet

  • Data Comemorativa: Páscoa
  • Ação: post sobre os benefícios do cacau + CTA para conhecer a linha de chocolates puro cacau da marca
  • Propósito: conteúdo topo de funil para atração, mas com gatilho para aumentar vendas
  • Formato: post em tópicos, rico em imagens, promovido no blog e redes sociais.

Exemplo #2 –  Clínica de estética

  • Sazonalidade: período de frio, onde as vendas de depilação caem
  • Ação: cupom de 20% de desconto na depilação com cera de mel
  • Propósito: é uma oferta fundo de funil, focado na geração de leads e conversão em vendas
  • Formato: Landing Page, peça gráfica simples a ser promovida nas redes sociais e via email marketing com sua base.

Exemplo #3 – Escola de culinária

  • Data Comemorativa: Dia da Gula
  • Ação: Landing Page com 3 receitas irresistíveis com morangos
  • Propósito: conteúdo de meio de funil, para relacionamento com a base
  • Formato: conteúdo estilo ebook, link para vídeo e divulgado para a base de leads via campanha de email marketing.

BRANDING?

Datas para fortalecer a imagem da empresa: datas em que a empresa pode fazer alguma menção apoiando ou celebrando uma causa e que não necessariamente precise envolver uma promoção ou dar descontos. Dessa maneira, sua empresa reforça a imagem na mente dos seus consumidores, que poderão lembrar de você da próxima vez que precisar do seu produto ou serviço.

Exemplo #4 – Qualquer empresa

  • Data Comemorativa: Dia mundial do doador de sangue
  • Ação: banner estimulando a doação de sangue.
  • Propósito: conteúdo para relacionamento com a base e fortalecimento da marca
  • Formato: peça gráfica simples a ser promovida nas redes sociais

5 – Elaborar plano de execução

Depois de saber o que e por que fazer, é preciso definir como e quando fazê-lo, pois o planejamento da execução é tão importante quanto a definição da pauta e do planejamento de ações.

Sem planejamento, fica difícil organizar ações de marketing em datas sazonais. Por mais que uma estratégia seja eficaz, ela só vai funcionar se houver uma programação bem estruturada e pensada com antecedência.

Verifique seu calendário para garantir que tenha tempo suficiente para planejar e executar as ações de marketing e que você esteja deixando espaço suficiente entre as promoções.

Em vez de deixar para promover a ação no dia que ela começar, procure estabelecer um senso de antecipação. Fale dela alguns dias ou semanas antes e mostre o que os clientes podem esperar. Isso é algo feito com muita frequência durante a Black Friday. Inclusive, veja o conteúdo deste artigo que criamos 1 mês antes do Black Friday do ano passado com o propósito de estimular as vendas dos nossos serviços da agência.

Confira o Calendário 2023 e planeje-se!

Pode parecer clichê, mas o planejamento é o coração de uma boa estratégia de marketing.

Sendo assim, quebrar a cabeça para elaborar um planejamento bem embasado e estruturado e prezar pela produção de textos e peças relevantes e de qualidade deve ser visto pelas empresas como um verdadeiro investimento.

Portanto, se ainda não planejou e antecipou suas ações, corre que ainda dá tempo! Estamos no começo do ano ainda e você já pode planejar suas ações até o final do ano. Quanto antes, melhor!

Quer uma ajudinha?

Baixe grátis o Calendário 2023 com a datas comemorativas para te ajudar no plano:

 

Este artigo sobre calendário promocional foi útil? Então aproveite para compartilhá-lo nas redes sociais e ajude outros profissionais a entenderem mais a respeito do assunto! 😉

Aproveite e faça como os 5.347 inscritos: assine grátis nossa newsletter abaixo e faça parte da nossa lista VIP:

 

Continue nos acompanhando em nosso blog, fanpage, instagram, linkedIn e Grupo no Whatsapp para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeIote #TakeIdeias

 

 

Nós sabemos que para conseguir um novo cliente, não basta ter uma excelente equipe de vendas com ótimas habilidades de comunicação.

Cada pessoa – em especial em mercados B2B (vendas de empresas para empresas) – tem um processo de decisão de compra diferente. Alguns são mais decididos e outros nem tanto – têm de consultar o amigo, o sócio, a esposa, comparar prós e contras, se planejar, entre outros empecilhos.

Porém, uma forma de agilizarmos esse processo de decisão é através do depoimentos de clientes.

Se você já ouviu falar do marketing boca a boca, sabe que essa prática não é nova. A maioria das pessoas é motivada pela opinião de outras pessoas.

Você acha que os clientes acreditam mais na palavra de um vendedor ou de outro cliente, mesmo sendo um desconhecido?

Elas confiam mais em opiniões de estranhos do que na própria empresa, e isso tem um apelo muito forte.

Depoimentos sinceros = marketing honesto

Segundo o Zendesk, 90% dos consumidores afirmam que críticas positivas influenciam totalmente a sua decisão de compra. Outra pesquisa também aponta que 92% dos compradores B2B são mais propensos a fechar um negócio depois de ler uma avaliação confiável e assertiva.

Se um cliente faz um depoimento sincero, enaltecendo as boas qualidades do seu atendimento, entrega e produto, motivará o interesse de novos clientes e poderá aumentar as vendas.

Você precisa gerar confiança para as pessoas comprarem de você.

Além disso, essa ação é um dos Gatilhos Mentais: o de Prova Social, onde você prova que sua empresa possui clientes, leads interessados e que é engajada. 

Leia também:

 

Como colher depoimentos

Mesmo com todas as vantagens, certas pessoas ficam receosas de pedir depoimentos.

Não há a mínima necessidade de medo. Venda é relacionamento.

Quando o vendedor se relaciona bem com o cliente, o pedido de depoimento é recebido com muita satisfação e os clientes até se oferecem para fazê-lo.

Portanto, quando os clientes elogiarem o produto e a empresa, aproveite a brecha para pedir um depoimento.

Agora, se o cliente não tiver uma boa relação com a empresa, nem adianta pedir. É muito importante que o vendedor tenha bastante segurança do que está fazendo e saiba para quem é mais correto pedir o depoimento.

Pensando nessa importância para fortalecer o valor da sua marca e gerar prova social, disponibilizamos a seguir, um roteiro para você conseguir colher depoimentos e utilizá-los:

1. Identifique os clientes satisfeitos

Escolha na sua base de clientes algumas pessoas que você sabe que estão satisfeitas com o seu produto. Se você for de B2B, dê preferência as empresas de renome e a cargos importantes para valorizar mais ainda a sua carta de referência.

Caso você não consiga através de sua base de cliente, uma opção é organizar um evento com palestras, apresentações e/ou demonstrações e convidar pessoas de renome, influencers ou grandes empresas que usem e queiram falar dos bons (ou maus) resultados obtidos.

2. Escolha um formato

Feito isso, peça os depoimentos, que podem ser solicitadas através de pesquisa ou uma carta de referência.

Em forma de perguntas é mais fácil conseguir um depoimento, pois geralmente pedir em formato de carta/texto pressiona as pessoas a inventarem algo com a palavra perfeita, então elas congelam e não fazem nada.

Em vez disso, pergunte como estão se saindo com seu produto ou serviço e, quando responderem de forma positiva, peça mais detalhes e pergunte quais são os resultados que estão obtendo com isso. Em seguida, resuma o que eles disseram e pergunte se você pode usar isso como um depoimento.

Nós aqui da agência Mkt Ideas disponibilizamos gratuitamente um roteiro de perguntas para os clientes da agência. Se você for nosso cliente, entre em contato conosco que te enviamos :) 

3. Ofereça recompensas

Descubra o momento em que seus clientes se sentirão gratos por você e por sua solução e envie um e-mail educadamente pedindo um depoimento. Se você não receber uma resposta, vamos para o plano B:

Uma tática que muitas empresas praticam é oferecer benefícios em troca do depoimento.

Para B2C (vendas de empresas para consumidor final, como lojas), normalmente é oferecido descontos e pontos. Já no B2B, pode ser oferecido curso, bônus, mentoria e uma boa ideia é pensar também em co-marketing colocando um link pro site do cliente no depoimento ou fazendo um artigo sobre o case do cliente, por exemplo.

Quanto ao timing, a melhor forma de aumentar as chances de conseguir resposta é pedindo os depoimentos imediatamente após a conclusão e entrega do produto ou serviço. 

Também é interessante ter uma régua de periodicidade. Por exemplo, é muito comum nas empresas que vendem softwares colherem depoimentos 30 dias após a compra e depois a cada trimestre. Você pode também encaminhar o pedido junto com sua pesquisa mensal ou anual de NPS que você costuma mandar para seus clientes.

4. Renove sempre

Peça novos testemunhais para renovar seu estoque.

Além de ter sempre uma novidade para mostrar àquele cliente relutante, você aprende mais sobre os pontos fortes (ou fracos) de seu produto ou serviço.

Está gostando desse artigo? Aproveite e faça como os 5.347 inscritos: assine grátis nossa newsletter abaixo e faça parte da nossa lista VIP:

Quando e onde usar?

  • Na nutrição do lead

Geralmente, sempre que temos oportunidade, inserimos os depoimentos de nossos clientes nos canais de marketing que trabalhamos.

Por exemplo, se você possui um canal no instagram, seria muito bem vindo personalizar um post com o depoimento de um cliente seu. Isso porque o seu lead em potencial pode curtir sua página, mas não conhecer sua empresa. Se ele ver um depoimento de um cliente, a probabilidade de também virar seu cliente, aumenta bastante! Aqui na agência, nós também pedimos para o cliente fazer o depoimento diretamente na fanpage, veja aqui.

Dessa forma, as redes sociais ampliam o alcance das opiniões, dando um melhor acesso para quem procura avaliações. Mas use e abuse dos depoimentos colhidos postando também no blog, nos materiais ricos e email marketing.

  • No processo comercial

Trate esse depoimentos como “cartas na manga“, pois é realmente essa a função deles: agir como um extra na hora do fechamento, incentivando a assinatura do contrato e demonstrando para o cliente que seus vendedores estão realmente preparados e agindo profissionalmente.

Você pode utilizar nas propostas comerciais, nas apresentações institucionais e no próprio site da empresa.

Conquiste mais clientes!

Aproveite os depoimentos em sua estratégia de marketing digital.

O Inbound Marketing é uma estratégia eficiente que se baseia na criação de conteúdos voltado para a Jornada de Compra do seu público alvo.

Portanto, engaje os atuais e futuros clientes ao produzir artigos, vídeos, e-books, podcasts ou infográficos úteis e relevantes com os depoimentos adquiridos. Dessa forma você conquista a confiança deles de forma mais natural e os transforma em clientes.

Se você ainda não conhece a estratégia de Inbound Marketing, baixe gratuitamente nosso ebook abaixo e aplique na sua empresa o quanto antes:

Ebook Grátis

 

Continue nos acompanhando em nosso blog, fanpage, instagram, linkedIn e Grupo no Whatsapp para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeaNote #TakeIdeias

 

Empreender significa estar disposto a lidar com riscos, expectativas e paixão. E os filmes podem ser uma grande fonte de inspiração, inclusive no mundo do empreendedorismo. Milhares deles retratam histórias motivacionais, sejam elas de ficção ou baseadas na realidade.

Conhecer histórias de profissionais de sucesso e saber como surgiram algumas empresas (fictícias e reais) pode ser fundamental para os empreendedores e gestores  que estão em busca de inspiração e novas ideias para seu negócio.

 

Veja também:

 

Quantas vezes você não terminou de ver um filme e ficou empolgado com uma ideia genial? Mensagens abertas e ideias malucas permitidas para um filme podem ser o ponto de partida para encontrar aquela ideia incrível que você tanto procura.

Pensando nisso, preparamos uma lista com 50 filmes incríveis que todo empreendedor e gestor deve assistir (alguns deles disponíveis na Netflix):

1. O menino que descobriu o vento (2019)

O filme conta a história de Kamkwamba, um jovem que vive na África, e enfrenta dificuldades de sobrevivência ao lado de sua família. Para superar uma violenta seca pós inundação que submetia os moradores da região à fome e miséria sem ajuda do governo, o jovem busca conhecimento por meio de livros de ciência e cria um moinho de cinco metros de altura usando uma bicicleta quebrada, uma pá de ventilador de trator, um velho amortecedor e árvores, e transforma a realidade da sua comunidade.

Você vai aprender que o conhecimento e a persistências podem alavancar a sua ideia em meio a dificuldades e transformar realidades.

 

2. A Grande Aposta (2015)

Este filme conta a história de quatro investidores e como eles fizeram sua fortuna no mercado imobiliário no Estados Unidos. Você vai perceber a importância de se antecipar com seus produtos e serviços para ter sucesso.

O filme foi indicado ao Oscar e conta com um elenco de peso! Esse é mais um dos filmes que todo empreendedor deveria assistir.

3. A Teoria de tudo (2015)

Mais um filme baseado em fatos reais que conta a história de Stephen Hawking e mostra como o astrofísico fez descobertas relevantes no mundo científico.

Como lições que você pode aprender com o filme, vale observar que nem sempre você terá a resposta para tudo (e que tá tudo bem!). Você nunca deve deixar de expressar a sua voz e de compartilhar seu conhecimento.

Mesmo com a doença, Hawking criou uma maneira de se comunicar e verbalizar seu conhecimento. A superação é a chave de tudo!

4. Joy: O Nome do Sucesso (2015)

O mundo dos negócios não é feito só de homens. Pelo contrário: apesar de todos os desafios, o empreendedorismo feminino no Brasil cresceu 34% em 14 anos, chegando a 7,9 milhões de empresárias em 2014. 

Na obra, Jennifer Lawrence interpreta Joy Mangano, jovem divorciada e mãe de três filhos. Com uma vida difícil e repleta de conflitos familiares, ela acredita que seu destino é o fracasso. Entretanto, Joy inventa um esfregão revolucionário e, com ele, alcança o sucesso

O filme é uma emocionante lição de superação e encoraja mulheres que desejam entrar e se destacar no mundo dos negócios.

5. Um Senhor Estagiário (2015)

Mais uma personagem feminina real e inspiradora vem rechear nossa lista de indicações. O mote dessa comédia, é o choque de gerações no mercado de trabalho. Ben Whittaker, um viúvo de 70 anos, é contratado como estagiário sênior de uma startup de venda de roupas online. A história gira em torno da relação dele com a CEO da empresa, Jules Ostin, e com os colegas de trabalho.

O longa contrapõe a experiência “desatualizada” à jovialidade e inovação sem tanto conhecimento de mercado. A presença feminina no mundo dos negócios também é discutida, já que as angústias da chefe da empresa são expostos ao espectador. De forma leve e divertida, o filme dá lições de empreendedorismo, liderança, inovação, inclusão e empatia.

 

6. Capital C (2014)

Esse documentário foca em novas formas de capitalizar negócios e como muitos desses casos têm sido desenvolvidos nos Estados Unidos por meio do crowdfunding. A história mostra três empreendedores com negócios distintos e com algo em comum, nenhum deles têm capital para desenvolver. Sendo assim, direcionam seus esforços para campanhas de arrecadação de dinheiro através de patrocínio individual de pessoas físicas que gostam de seus projetos e resolvem aportar um dinheiro em troca de algum benefício.

Você vai aprender que há diferentes formas de conseguir verba para financiar um negócio que, se for desenvolvido e validado, consegue um público cativo.

7. O Jogo da Imitação (2014)

O filme conta a história do matemático Alan Turing, que fez parte da equipe formada pelo governo britânico para quebrar um código usado pelos alemães na Segunda Guerra. 

Apesar de sua dificuldade em trabalhar em grupo, o matemático logo começa a liderar a equipe que busca construir uma máquina capaz de decifrar o código. 

Para empreendedores, o filme traz a importante mensagem de que é necessário acreditar na sua ideia, mesmo com as dificuldades que aparecem pelo caminho. Também é uma ótima inspiração sobre a importância de se trabalhar em equipe.

8. Chef (2014)

A comédia dramática traz a história de um homem que, após abandonar o emprego por conta de uma crítica pesada, decide abrir um foodtruck próprio e se reconciliar com a família. Não só isso, o novo empreendedor se esforça para o negócio dar certo, apostando em marketing digital!

Esse filme é um ótimo exemplo de como a mudança de ambiente profissional pode ser benéfica para nossa criatividade e interesse na área de atuação.

 

Está gostando do conteúdo? Faça como os 5.347 inscritos: assine grátis nossa newsletter abaixo e faça parte da nossa lista VIP:

 

9. O Lobo de Wall Street (2013)

O filme (“The Wolf of Wall Street”, 2013) é baseado nas memórias de Jordan Belfort, um ambicioso ex-corretor da Bolsa de Valores de Nova York que começa a trabalhar com a venda de ações de pouco valor.

Além de mostrar as consequências de uma ambição sem fim, o enredo tem muito a ver com enxergar oportunidades e não ter medo de arriscar. O filme traz uma pessoa que começa trabalhando para outras. Nisso, ele consegue identificar uma oportunidade e resolve ele próprio montar seu negócio. 

É importante observar como o protagonista atinge seus objetivos com seu poder de persuasão podendo fazer até o cliente mais desinformado a comprar o seu produto. A narrativa também comprova a importância de pensar positivo, ter uma boa visão do futuro, adotar estratégias para alcançar o sucesso e, claro, agir com ética.

9. O Sushi dos Sonhos de Jiro (2011)

O filme apresenta Juro Ono, um japonês de 85 anos, também conhecido como o mestre dos sushis. 

Ele é proprietário de um renomado restaurante, o Sukiyabashi Jiro, localizado em uma estação de metrô de Tóquio. O local, que recebeu diversos prêmios, serve pratos minuciosamente preparados e oferece aos clientes experiências gastronômicas únicas.

Extremamente perfeccionista, Juro Ono é exemplo de humildade, dedicação, disciplina e verdadeiro amor pela profissão. O japonês, que trabalha com sushis desde os 10 anos de idade, não perde o foco na busca pela receita perfeita. Para ele, o bom não é o suficiente. Por conta disso, O Sushi dos Sonhos de Jiro é um filme que com certeza irá motivar quem deseja empreender ou aprimorar seu negócio.

 

11. Decisões Extremas (2010)

Os filhos do casal Aileen e John Crowley têm uma doença degenerativa. Marcados pela falta de esperança, suas trajetórias mudam quando descobrem um cientista que pode trazer a cura. Mas para isso, John precisa abrir uma empresa para fabricar os remédios.

O filme mostra que as empresas precisam ter um propósito para serem criadas e o empresário tem que acreditar nela e no que produz. A partir de problemas pessoais, o personagem encontra uma saída, que é a abertura de uma startup.

12. Amor & Outras Drogas (2010)

Não se deixe enganar pelo nome. Esse filme tem o foco na vida de Jamie Randall, um vendedor, demitido da loja de eletrodomésticos em que trabalhava, que se torna um dos maiores representantes comerciais da indústria farmacêutica.

O personagem é constantemente bombardeado por24.  e é essa avaliação que deve chamar a atenção dos jovens empreendedores.

O personagem também é um ótimo exemplo de como o discurso coeso e o posicionamento com foco podem abrir novas oportunidades de negócio.

 

13. Golpe de Gênio (2009)

O filme é extremamente recomendado para aqueles que estão sem motivação para os empreendimentos ou mesmo desacreditados de seus projetos.

O longa traz a história de um personagem motivado e de criatividade duvidosa, que conta sempre com o apoio de seu amigo que é dono de uma habilidade natural para vendas e para criação de estratégias. No decorrer do filme, a história mostra que os negócios da dupla desandam e começam a tomar um rumo muito diferente do desejado.

Entretanto, a persistência e a coragem de tentar mais uma vez poderão ser fundamentais para dar a volta por cima.

 

14. Julie & Julia (2009)

O filme mostra a vida de duas mulheres, de tempos diferentes, em paralelo, comparando suas frustrações com a carreira e a vida cotidiana e como encontraram na culinária uma maneira de se desvencilhar da desmotivação que as assolava.

A história é fundamental para entendermos sobre a importância de não nos estagnarmos em nossas profissões, e como a busca por soluções para a vida profissional podem estar em qualquer lugar. Até mesmo em um livro de receitas.

 

 

15. Amor Sem Escalas (2009)

O filme conta a história de Ryan, um homem que tem a função de demitir pessoas, e por isso se torna uma pessoa insensível à angústia alheia – ele adora o que faz. Porém, a vida de Ryan começa a se complicar quando vê seu emprego ameaçado por um sistema que faz demissões por videoconferência. 

A falta de sensibilidade com a necessidade dos outros e a substituição de um emprego por um sistema automático são situações que podem acontecer em qualquer empresa, o que torna este filme uma boa pedida para quem não quer cair em armadilhas.

16. Quem Quer Ser Um Milionário (2008)

Um dos maiores sucessos do cinema indiano, o filme mostra o jovem Jamal Malik num famoso programa de perguntas e respostas na TV. Jamal busca em sua própria história, marcada por uma infância miserável e violenta, as respostas para as questões perguntadas pelo apresentador. 

É um exemplo de busca de força interior, algo essencial para empreendedores.

17. Um Bom Ano (2006)

O filme nos apresenta um investidor bem sucedido que acaba herdando uma luxuosa propriedade na França. O personagem, sem qualquer noção de ética, prefere colocar sua vaidade à frente da boa administração, o que gera uma série de conflitos na gestão do negócio.

O filme traz uma série de reviravoltas, mas mostra-nos como o ego e a ganância cega podem por fim a qualquer império, por mais sólido que pareça.

Não só isso, é uma boa chance de refletir sobre a obsessão com o trabalho e como isso pode impactar na qualidade do seu serviço.

18. À Procura da Felicidade (2006)

Talvez esse seja o maior exemplo do desejo de superação que pode ser encontrado no cinema. Estrelado por Will Smith, já se tornou um clássico quando o tema é inspiração.

Baseado na história real de Chris Gardner, o filme mostra Chris em busca da carreira que acredita e do sustento da família. Ele enfrenta o pior momento de sua vida, desempregado, abandonado pela mulher e lutando para criar seu filho pequeno, acaba não tendo onde morar, mas persegue um sonho que é o que o motiva.

Esse filme é exatamente o que um empreendedor precisa assistir antes de começar um negócio, pois mostra que o sucesso vem com muita persistência.

19. O Diabo Veste Prada (2006)

O Diabo Veste Prada (“The Devil Wears Prada”) é um bom filme para o empreendedor que acha que seu período como funcionário não ajudou em nada na sua carreira. O filme é estrelado por Anne Hathaway e Meryl Streep.

O sonho de Andy é ser jornalista, mas ela acaba como assistente da famosa editora Miranda Priestly. Após um tratamento humilhante, Andy se adapta e começa a usufruir dos benefícios da indústria da moda. Ela precisa fazer uma decisão entre manter seu emprego atual ou perseguir seus sonhos anteriores.

O filme mostra que muitas vezes é preciso passar por um emprego não tão positivo para ganhar experiência de vida. 

20. O Aviador (2004)

O filme Aviador é um filme que narra a obsessão da criação de um negócio. Hughes Hughes, é o tipo de empreendedor que consegue investir em muitas ideias ao mesmo tempo e se torna obsessiva com elas. 

Howard Hughes ficou milionário já aos 18 anos, devido à herança de seu pai. Pouco depois ele se mudou para Los Angeles, onde passou a investir na indústria do cinema, pela qual dirigiu grandes filmes. Paralelamente Hughes se dedicou a uma de suas maiores paixões, a aviação.

A lição deste filme e a história de empreendedor é: Nunca tenha medo de assumir uma empresa maior do que a sua.

21. Em Boa Companhia (2004)

O filme fala sobre uma situação comum nas empresas: um chefe na casa dos 50 anos perde seu posto para um jovem com a metade da sua idade e precisa se segurar no emprego para pagar as contas em casa. 

Toda empresa passa por períodos de mudança, portanto, o filme traz mensagens importantes para quem quer estar preparado para elas.

22. Mestre dos Mares – O Lado Mais Distante Do Mundo (2003)

Russell Crowe é Jack Aubrey, capitão do H.M.S. Surprise, um dos principais navios de guerra da marinha britânica. Com seu país em guerra contra a França de Napoleão Bonaparte, Aubrey é atacado por um navio inimigo mais poderoso, que fere boa parte de sua tripulação e ainda danifica o navio. Aubrey então se sente dividido entre cumprir seu dever e tentar derrotar o inimigo ou retornar para cuidar dos feridos.

A liderança de Jack é notável. Com sua tripulação ferida e com medo ele consegue engajar e encorajar sua equipe focando na estratégia de explorar a fraqueza do adversário. Coragem, ousadia e análise para agir nas adversidades e no momento certo. Além da necessidade de estar preparado para enfrentar as alterações imprevistas e críticas.

23. De Porta em Porta (2002)

Esse é o filme perfeito para quem gosta de histórias de superação. O filme De Porta em Porta, inspirado em um personagem real, mostra as dificuldades enfrentadas por Bill Porter. Ele tem paralisia cerebral e consegue superar todos os desafios, conquistando o trono de um dos melhores vendedores de porta em porta da companhia que trabalha.

Por conta da deficiência, Bill precisa conviver com o preconceito, a rejeição e inúmeros outros desafios diários. Bill demonstra como humildade, paciência, determinação, disciplina e empatia são fatores essenciais a quem deseja alcançar seus sonhos. 

 

24. Clube da Luta (1999)

Jack é um executivo jovem, trabalha como investigador de seguros, mora confortavelmente, mas ele está ficando cada vez mais insatisfeito com sua vida medíocre. Para piorar ele está enfrentando uma terrível crise de insônia, até que encontra uma cura inusitada para o sua falta de sono ao frequentar grupos de auto-ajuda.

Nesses encontros ele passa a conviver com pessoas problemáticas como a viciada Marla Singer (Helena Bonham Carter) e a conhecer estranhos como Tyler Durden (Brad Pitt). Misterioso e cheio de ideias, Tyler apresenta para Jack um grupo secreto que se encontra para extravasar suas angústias e tensões através de violentos combates corporais.

O interessante é como o “Clube da Luta” é administrado. Com regras bem estabelecidas e conhecidas por todos, a cultura organizacional é sempre respeitada, servindo de motivação e inspiração aos seus participantes, fazendo com que muitos queiram fazer parte!

25. A Grande Virada (1996)

A Grande Virada (“Jerry Maguire”) é um filme que interpreta um agente esportivo bem-sucedido que é afastado dos negócios por acreditar que os agentes deveriam dar um tratamento mais humano aos atletas. 

Este ato de “lucidez” provoca sua demissão em um curto espaço de tempo e ele começa a perder de uma só vez todos os seus clientes, sendo obrigado a concentrar toda a sua energia e potencial em seu único cliente, um temperamental jogador negro de futebol americano. “Me ajuda a te ajudar!”

O filme mostra a dificuldade de montar um negócio em um mercado competitivo, que é possível vencer depois de um fracasso e, que, independente das consequências imediatas que isso possa acarretar, sempre mantenha seus valores éticos e morais.

26. Coração Valente (1995)

Quando se fala em líder e personagens de cinema, impossível não lembrar de William Wallace e o seu comovente discurso em nome da liberdade.

Quantas vezes os empreendedores são os únicos que acreditam em suas ideias? E é a paixão por elas que o faz seguir em frente. Mais uma bela história para encorajá-lo a ir firme no seu propósito.

27. Um Sonho de Liberdade (1994)

Andy Dufresne, um jovem e bem sucedido banqueiro, tem a sua vida radicalmente modificada ao ser condenado por um crime que nunca cometeu, o homicídio de sua esposa e do amante dela. Ele é mandado para uma prisão que é o pesadelo de qualquer assassino psicopata, a Penitenciária Estadual de Shawshank, no Maine.

Lá ele faz amigos e passa a trabalhar para o diretor do presídio, na contabilidade. Com perseverança e segurança no seu talento, ele consegue algo que jamais sonhou ser possível.

A questão do empreendedorismo é abordada numa situação pouco usual, porém de forma clara e identificável: condenado de forma injusta, o protagonista consegue tirar proveito de uma situação em que a grande maioria pessoas desistiria e passa seus anos na cadeia trabalhando pacientemente em prol de objetivos que traçou para alcançar um objetivo principal: sua liberdade.

O empreendedorismo no filme é trabalhado por meio da paciência, do controle emocional e da resoluta força de vontade, que prevalece acima de todos os horrores que a temida prisão de Shawshank poderia oferecer. Ele consegue ter sucesso nas piores condições possíveis imagináveis.

 

28. Forrest Gump – O Contador de Histórias (1994)

O filme conta a história de Forrest Gump, uma pessoa de baixo QI que acaba se tornando um herói que decide fazer só o que o deixa feliz. A partir daí, o filme mostra uma sucessão de conquistas. Ele se torna, entre outras facetas, proprietário de uma cadeia de restaurantes especializados em camarão e sócio-fundador da Apple.

Mais do que isso, a história pode ser vista como a trajetória de uma pessoa simples que, com seu esforço, consegue superar seus problemas individuais e vencer na vida.

Ainda que de uma maneira caricata, o filme mostra que, às vezes, a chave para o sucesso está bem embaixo do seu nariz.

29. O Sucesso a Qualquer Preço (1992)

O filme mostra as disputas de uma equipe de vendas sob pressão.

A chegada de um novo chefe mexe com a dinâmica do ambiente. Os empreendedores são vendedores. Eles têm que vender sua visão, produto, empresa e propósito em tudo que fazem. E, geralmente, o fechamento da venda é a parte mais difícil, mas deve ser sempre perseguido.

 

Prontinho. Ufa!

Vocês já assistiram algum desses filmes? O que acharam? Deixem seus comentários! Se quiser continuar maratonando, sugerimos ver essa lista de 25 documentários e histórias de sucesso para você não ficar para trás.

Lembre-se sempre: espaços para respirar e pensar fora da caixa é fundamental.

Para te trazer mais ideias, que tal baixar nosso ebook 100% gratuito com 6 ideias de como inovar seus produtos e serviços e sair na frente da concorrência ainda hoje? Clique no banner abaixo e ganhe agora:

 

 

Continue nos acompanhando nosso blog, fanpage, instagram, linkedin e Grupo no Whatsapp para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeaNote #TakeIdeas