Você precisa de velocidade de carregamento? Um site que facilite a navegação do usuário? Quer que os visitantes absorvam um conteúdo prático e completo do seu produto ou serviço?

Então você precisa de um Site One Page!

Se você é dono ou gestor de uma empresa, você já sabe que é fundamental investir na presença digital para conquistar novos clientes. 

Então, que tal escolher o modelo de site One Page para o seu negócio? Afinal, ele é uma das tendências do web design em 2022. (veja esse artigo da rock content)

Acompanhe o post de hoje e entenda o que é e qual é a utilidade de um site One Page. 

Vamos lá?

O que é um site One Page?

Como o próprio nome sugere, esse site tem todo o seu conteúdo exibido em uma única página.

Ou seja, ele foi criado para que todo o conteúdo seja mostrado na mesma página, com layout único e concentração das informações em um mesmo lugar.

Nesse tipo de site, o conteúdo é dividido por seção (grid/tela) e o site tem um menu que não leva o usuário para outra página, apenas faz com que, ao clicar, ele role pela página e chegue até o conteúdo.

Rápido, visualmente atraente e fácil de rodar em um dispositivo móvel, ter um site One Page é uma estratégia muito útil quando você não quer que o seu cliente se distraia com assuntos que não interessam no momento. Por isso acaba sendo muito mais prático que sites convencionais.

Exemplo de um site One Page que fizemos:

Veja o case completo qui

 

Para o One Page, simplicidade e minimalismo é a palavra de ordem. Você remove informações óbvias e repetitivas, investindo em conteúdo direto e verdadeiramente interessante para o visitante. 

Mas não é porque são simples que eles precisam ser pobres, tá? Muito pelo contrário! Sem ter que se preocupar com diversos links para páginas internas e afins, se torna muito mais propício apostar em design interativo e recursos incríveis de programação para gerar uma ótima experiência ao usuário!

Quando ele é recomendado?

Se você gerencia um pequeno ou médio negócio e tem ainda pouco conteúdo, é possível concentrar tudo o que tem em uma One Page bem bonita. Isso porque ele costuma ser clean e direto, capturando a atenção do usuário para as partes mais relevantes do seu conteúdo (mas não tente colocar muita informação em uma única One Page, isso deixará poluído e carregado, seu usuário e o Google não gostarão nada disso. Para isso, é recomendado o site com página internas, saiba mais aqui).

Crie uma boa sequência de informações, para que o visitante, ao chegar ao final dela, tome uma ação que você determinou. Dessa forma, é mais fácil enfatizar o objetivo da sua página.

Além se ser institucional, também pode ser usado para portfolio, storytelling, campanhas e lançamento de produtos.

Não se esqueça de ter em mente o seu público-alvo e, na escolha de um layout, aposte na máxima de que menos é mais.

Para completar, o valor do investimento desse modelo de site é bem mais econômico, o que é um diferencial e tanto em tempos de crise econômica, concorda?

 

Veja também:

Tipos de site: descubra qual é o ideal para o seu negócio

Dicas sobre design que irão alavancar as conversões do seu site?

Descubra o que são Landing Pages e use-as a seu favor

 

Quais são as vantagens de um site One Page?

  • Mais velocidade
  • Dinâmico e interativo
  • Fácil navegação
  • Ampla visão
  • Design atraente
  • Conteúdo enxuto
  • Responsivo
  • Maior conversão
  • Tempo e investimento eficiente
  • Fazer Storytelling
  • Estratégias temporárias

E as desvantagens?

  • Limite de informações sobre o produto, serviço e a empresa
  • Potencial de SEO reduzido (pela quantidade de palavras chave)

     | Saiba tudo sobre as vantagens e desvantagens neste artigo: Site One Page pode não ser aquilo que você imagina.

Para minimizar ao máximo essas desvantagens é importante que sua marca procure uma boa agência-parceira com experiência nesse modelo de projeto.

Ao trabalhar com a publicação de informações na internet, o objetivo deve ser sempre o de oferecer a melhor experiência possível aos usuários

Avalie cuidadosamente o perfil do seu público-alvo para entender bem que tipo de conteúdo ele está acostumado a consumir e se sites One Page se encaixam nesse caso. 

Faça experimentos e analise os resultados obtidos para ter certeza sobre o caminho ideal.

 

Está gostando desse artigo? Aproveite e faça como os 5.347 inscritos: assine grátis nossa newsletter abaixo e faça parte da nossa lista VIP:

Por que as empresas gostam de sites One Page?

Em primeiro lugar, criar um site One Page quase sempre será mais rápido do que criar um site maior com diversas páginas.

Sites de uma página única também são muito mais fáceis de manter quando o conteúdo precisa ser atualizado, já que, por ser tudo em um, acaba sendo fácil de encontrar as informações.

Além, claro, das vantagens que mencionamos no tópico acima.

Como faço para criar um site de uma página única?

Apesar de os sites One Page serem normalmente mais complicados em termos de codificação HTML, o WordPress tem muitas opções de customização, e é possível chegar ao resultado que você quiser. Você pode até transformar seu site desordenado em um site de uma página em questão de minutos.

Caso não tenha habilidade, tempo ou ambos, nós da Mkt Ideas já criamos inúmeros sites otimizados e que convertem visitantes em clientes.

Clique no link a seguir e saiba mais ou nos chame no whatsapp:

 

 

 

Continue nos acompanhando em nosso blog, fanpage, instagram, linkedIn e Grupo no Whatsapp para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeaNote #TakeIdeias

 

 

 

Para quem é gestor, independente do departamento, sabe que é um desafio e tanto lidar com riscos, expectativas e paixão. E os filmes podem ser uma grande fonte de inspiração. 

Já fizemos um artigo com 29 filmes inspiradores, e dessa vez selecionamos 25 documentários e histórias reais de empresários e empresas de sucesso!

Conhecer suas histórias e saber como surgiram algumas empresas pode ser fundamental para os empreendedores e gestores que estão em busca de inspiração e novas ideias para seu negócio.

 

Veja também:

 

Confira abaixo (alguns deles disponíveis na Netflix):

1. Abstract (2018)

Em formato de documentário divido em oito episódios, mostra como é o processo criativo dos designers mais inovadores do mundo. A série reúne importantes nomes da cena e revela como esses gênios da arte visual pensam e qual a influência do trabalho deles em vários aspectos da nossa vida cotidiana.

Você aprenderá que pensar no visual, no design e no processo criativo da sua marca ou produto pode fazer a diferença durante a jornada empreendedora.

2. Fome de Poder (2016)

Esse filme conta a história de ascensão da rede de lanches McDonalds. Sim, é mais um filme em que o protagonista não é nenhum santinho (muito pelo contrário) e tem uma postura repudiável.

Mas a lição de que persistir nos seus objetivos para ter sucesso fica bem clara. Mas não é apenas persistir por persistir. Tem que ter dedicação e se entregar para valer no negócio.

Você vai se impressionar com a revolução que Ray Kroc fez na maneira de preparar e vender hambúrgueres.

3. Walt Antes de Mickey (2015)

Baseado na história real de Walt Disney, o filme fala dos primeiros anos da carreira do desenhista e dos obstáculos que ele precisou superar antes de criar seu desenho mais famoso, o Mickey Mouse. 

Uma das frases do filme vale para qualquer um que queira ter seu próprio negócio: “Tudo o que vale a pena fazer deve ser bem feito”, diz o pai do jovem Walt. Para quem quer empreender, sempre é bom conhecer as histórias de quem chegou longe.

4. A Teoria de tudo (2015)

Mais um filme baseado em fatos reais que conta a história de Stephen Hawking e mostra como o astrofísico fez descobertas relevantes no mundo científico.

Como lições que você pode aprender com o filme, vale observar que nem sempre você terá a resposta para tudo (e que tá tudo bem!). Você nunca deve deixar de expressar a sua voz e de compartilhar seu conhecimento.

Mesmo com a doença, Hawking criou uma maneira de se comunicar e verbalizar seu conhecimento. A superação é a chave de tudo!

 

5. Steve Jobs (2015)

Dirigido por Danny Boyle, o longa retrata três fases da vida de Steve Jobs (Michael Fassbender), sócio-fundador da empresa Apple e gênio da tecnologia: o lançamento do Macintosh, da NeXT e do iMac. 

Diferentemente de Jobs — que mencionarei abaixo –, a história não abrange apenas a vida profissional do personagem. Mais intimista, é focada também na vida pessoal dele.

Esse filme inspira empreendedores à medida que comprova como coragem, foco e persistência são essenciais ao sucesso de qualquer negócio. Também revela o impacto que o marketing tem sobre uma marca, já que Jobs sempre conseguiu cativar o público e a mídia, apesar de sua personalidade forte e polêmica.

 

Esse filme é um ótimo exemplo de como a mudança de ambiente profissional pode ser benéfica para nossa criatividade e interesse na área de atuação.

 

Está gostando do conteúdo? Faça como os 5.347 inscritos: assine grátis nossa newsletter abaixo e faça parte da nossa lista VIP:

6. O menino que descobriu o vento (2019)

O filme conta a história de Kamkwamba, um jovem que vive na África, e enfrenta dificuldades de sobrevivência ao lado de sua família. Para superar uma violenta seca pós inundação que submetia os moradores da região à fome e miséria sem ajuda do governo, o jovem busca conhecimento por meio de livros de ciência e cria um moinho de cinco metros de altura usando uma bicicleta quebrada, uma pá de ventilador de trator, um velho amortecedor e árvores, e transforma a realidade da sua comunidade.

Você vai aprender que o conhecimento e a persistências podem alavancar a sua ideia em meio a dificuldades e transformar realidades.

 

7. Jobs (2013)

Outro filme de Steve Jobs, que conta a trajetória do fundador de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, Apple.

Jobs teve parte de sua vida revelada neste filme. É interessante ver como blefes podem gerar resultado, ter ambição pode trazer lucro e o lema de “vendo depois crio” é uma constante no universo dos magnatas da tecnologia. 

O longa ainda traz um bom apanhado de memórias de sua carreira e também algumas lições práticas, como saber lidar com investidores. Apostar em ideias, perseguir um ideal, fazer melhor do que os outros e as palavras chave “inovação” e “paixão pelo que faz” são os lemas dessa história.

8. Burt’s Buzz (2013)

O filme é baseado na história de Burt Shavitz para fazer com que sua marca de cosméticos, Burt’s Buzz, ganhe seu espaço. 

Durante a história, você pode conhecer os esforços de um empresário, agindo de várias formas em uma empresa. Um dos melhores filmes sobre empreendedorismo.

 

9. Phil Knight: O Homem que Conduz o Mundo (2012)

O documentário conta a história de Phil Knight, fundador da Nike, e mostra o surgimento e a ascensão da marca esportiva que se tornou uma das mais fortes do planeta. A Nike foi a primeira empresa a patrocinar jogadores profissionais, criando uma forma diferente de dialogar com o público. O principal ícone do sucesso dessa estratégia é o jogador de basquete Michael Jordan. Os produtos associados a seu nome foram responsáveis por alavancar as vendas da marca em todo o planeta.

Você vai aprender como encontrar formas diferenciadas de posicionar o seu negócio e sua marca em meio a tantas opções já existentes no mercado.

 

10. Margin Call – O Dia Antes do Fim (2011)

Também baseado em fatos reais, o filme fala sobre a crise econômica de 2008 vista de dentro do universo dos bancos de investimento americanos. 

A história mostra como algumas decisões erradas e a falta de transparência no mundo corporativo podem te levar ao fracasso. Por isso, o filme traz à tona uma questão fundamental para qualquer empresa: a postura ética.

11. O Homem que Mudou o Jogo (2011)

Baseado em uma história real e longe de ser um filme sobre esportes, o filme (“Moneyball”) conta a história do gerente de um time de baseball que tenta montar um time competitivo mesmo com uma situação financeira desfavorável. 

O gerente geral, Billy Beane, tem o desafio de cuidar do time, mas possui poucos recursos e a concorrência de grandes times é brutal. Para conseguir maior rendimento, ele desenvolve uma complicada análise estatística de seus jogadores, tornando possível fazer mais com menos. Como toda empresa precisa estar atenta à economia de recursos, essa é uma história que pode inspirá-lo a buscar alternativas pouco evidentes para chegar ao sucesso sem gastar demais.

Uma frase vista no filme é importante para os potenciais empreendedores que ainda se apegam à zona de conforto: “Quando as coisas não funcionam bem, mude seu jogo”, ou seja, inove! 

12. Something Ventured (2011)

“Something Ventured” é um documentário sobre homens de negócios do Vale do Silício. A obra apresenta a história de um grupo de investidores de grandes empresas de tecnologia, como Apple, Atari, Google e Intel, e explica como funciona o capital de risco nos Estados Unidos.

No longa, destacam-se características intrínsecas à personalidade desses profissionais. Ser visionário, ousado, criativo e ter ampla visão de mercado parecem ser requisitos básicos para se destacar no segmento tecnológico. Esse filme é ideal para aqueles que desejam expandir as fronteiras do próprio negócio e alcançar mercados liderados por empresas gigantes.

13. A Rede Social (2010)

O filme (“The Social Network”) conta a história de Mark Zuckerberg, o fundador do Facebook, mostrando a criação da rede dentro da universidade de Harvard, em 2003. Em apenas seis anos, Mark Zuckerberg é o mais jovem bilionário da história.

Com a proposta de levar as interações entre pessoas para o mundo virtual, o Facebook se tornou a maior rede social do planeta. Assim como em Steve Jobs, o filme demonstra que a genialidade não garante a consolidação de uma marca. Mais do que criatividade, é preciso ter extrema dedicação para colocar o sonho em prática.

O filme é ideal para entender como esta ferramenta foi idealizada e como esse mecanismo funciona, além disso, compreender “a visão do criador dessa rede” pode te ajudar na criação de ideias e inspirar o empreendedorismo.

 

14. Invictus (2009)

Após ser libertado da prisão e eleito presidente da África do Sul, Nelson Mandela, se vê diante de um país dividido pelo racismo. É então que ele pensa numa estratégia pouco convencional: usar o rúgbi para unir o povo. Para isso, ele precisa da ajuda do capitão do time, um jovem branco. 

A história chama a atenção pela habilidade de negociação demonstrada por Mandela, característica necessária para qualquer empreendedor que deseja crescer nos negócios.

15. Coco Antes de Chanel (2009)

O filme é sobre Coco Chanel, famosa estilista francesa e criadora da empresa que leva seu sobrenome. Como o próprio título indica, a obra é focada na fase anterior à fundação da companhia e narra a vida pessoal da protagonista, incluindo a infância pobre e os relacionamentos amorosos.

Coco Chanel revolucionou o mundo da moda ao ousar se vestir com roupas masculinas quando todas as mulheres usavam os desconfortáveis espartilhos e outros adereços exagerados. Mas, como não poderia deixar de ser, o início da carreira de Coco não foi fácil. Ela precisou vencer diversos obstáculos – da pobreza extrema aos costumes de sua época – para conseguir o que queria. Para empreendedores – em especial às mulheres – é um ótimo filme sobre perseverança e coragem.

16. Um Sonho Possível (2009)

Baseado numa história real, o filme conta a história de um jovem pobre que é adotado por uma família rica e assim consegue realizar o sonho de se tornar jogador de futebol americano. 

Os temas da superação dos obstáculos (no caso do jovem) e da persistência para conseguir um objetivo (no caso de sua mãe adotiva) são ótimos para inspirar empreendedores.

 

 

 

 

17. À Procura da Felicidade (2006)

Talvez esse seja o maior exemplo do desejo de superação que pode ser encontrado no cinema. Estrelado por Will Smith, já se tornou um clássico quando o tema é inspiração.

Baseado na história real de Chris Gardner, o filme mostra Chris em busca da carreira que acredita e do sustento da família. Ele enfrenta o pior momento de sua vida, desempregado, abandonado pela mulher e lutando para criar seu filho pequeno, acaba não tendo onde morar, mas persegue um sonho que é o que o motiva.

Esse filme é exatamente o que um empreendedor precisa assistir antes de começar um negócio, pois mostra que o sucesso vem com muita persistência.

 

18. Startup.com (2001)

Esse documentário retrata a meteórica trajetória da govWorks até sua queda, em 2001. A empresa que propunha facilitar, por meio da internet, a relação entre a população e o governo. 

A govWorks recebeu investimentos milionários e tinha tudo para crescer ainda mais, mas, por conta de erros gerenciais e falhas na execução do serviço, acabou falindo. Nesse sentido, o documentário apresenta os meandros do desenvolvimento de uma startup, expondo riscos e conquistas, e serve de guia em relação ao que deve e não deve ser feito. 

Além da chance de acompanhar o crescimento e declínio de um novo negócio, esse projeto nos mostra a importância de um planejamento conciso para o lançamento de qualquer tipo de negócio. Não só isso, é fundamental notar como as relações e demandas pessoais interferem em uma liderança despreparada, que acabam por levar a empresa, que cresceu vertiginosamente, ao seu fechamento.

19. Piratas do Vale do Silício (1999)

O filme (“Pirates of Silicon Valley“ ou “Piratas da Informática”) é um clássico entre os apaixonados por tecnologia.

O filme é baseado em uma história real e mostra a competição em busca da liderança do mercado de tecnologia entre dois gigantes: Steve Jobs, fundador da Apple, e Bill Gates, criador da Microsoft e Windows. Eles se enfrentam em uma guerra de bastidores, nem sempre honesta.

O filme mostra a briga entre dois empresários brilhantes em busca da liderança.

20. O Triunfo dos Nerds (1996)

O documentário mostra a ascensão dos computadores em meados de 1970, até o boom que revolucionou o mundo, já em 1990, protagonizando jovens talentosos que praticamente inventaram a indústria de computadores como conhecemos hoje dia.

Steve Jobs, que aparece nas filmagens, lembra-nos sobre a importância de sempre desafiarmos o convencional se realmente quisermos apresentar algo novo para a humanidade – ponto fundamental para qualquer empreendedor que queira se destacar no mercado hoje em dia.

 

21. A Lista de Schindler (1993)

https://youtu.be/x3CEN6lIRyU

O filme se baseia na história de Oscar Schindler, um homem de negócios e contador alemão, que através dos seus bons contatos, abdicou de toda sua fortuna e conseguiu salvar a vida de mais de um milhão de judeus polacos refugiados durante o Holocausto ao empregá-los em suas empresas.

Enquanto Schindler se encarregava das ligações pessoais que lhe permitiriam fechar acordos com os nazistas (já que ele mesmo era membro do partido fundado por Hitler), o conhecimento de Stern em gestão de negócios permitiu que o seu patrão otimizasse as suas finanças, para salvar dos campos de concentração cada pessoa que pudesse.​

 

22. Tucker – Um Homem e Seu Sonho (1988)

Assim como Rocky, o filme (“Tucker: The Man and His Dream”) fala sobre ser perseverante em relação ao que você deseja. Na obra, o projetista americano Preston Tucker desenvolve um carro com o design que sempre pretendia e, no meio do caminho, acaba tendo de enfrentar grandes indústrias do setor automobilístico.

Mesmo com os obstáculos, ele continua seguindo seus ideais e não pretende se render ao modelo dessas empresas. Tucker tinha uma convicção de como tudo tinha de funcionar, o que mostra a persistência na hora de montar um negócio.

23. O Segredo do Meu Sucesso (1987)

O filme conta a história do jovem Brantley Foster, que deixa uma cidadezinha no Kansas para tentar o sucesso em Nova York. Ao chegar lá, as coisas não saem como planejadas e ele se vê obrigado a pedir um emprego ao tio que controla uma empresa milionária. 

Como o trabalho é modesto, Brantley, decide levar uma vida dupla, criando um personagem chamado Carlton Whitfield, um executivo de ideias brilhantes, mas que ninguém sabe de onde veio.

Com atitude fresca e novas ideias, consegue se passar por um alto executivo da empresa, trazendo inovação e crescimento para o negócio.

24. O Poderoso Chefão (1972)

Um dos maiores clássicos do cinema, o filme O Poderoso Chefão (1972) narra a trajetória da família Corleone e seus negócios ilícitos, mostra as vantagens e desvantagens de empreender em família e que o melhor sucessor pode ser quem menos se espera.

Apesar de não seguir os caminhos mais corretos, são uma aula à parte sobre liderança e empreendedorismo. Lições sobre criar networks, cobrar resultados e curtir a família podem ser tiradas dessa obra prima do cinema.

25. Cidadão Kane (1941)

Não se assuste com a idade do filme. Os mais de 70 anos que se passaram desde o seu lançamento não reduzem o mérito de ser uma das grandes obras primas do cinema clássico.

A história conta sobre a vida de Charles Kane, um personagem fictício que trabalha na área editorial e tem uma vida fundada em idealismos que acabam se tornando obsessões loucas pelo poder. O filme mostra sua inegável capacidade de conquistar tudo o que deseja, mas, ao mesmo tempo, de perder tudo o que lhe é caro.

Essa é uma abertura fundamental para discutirmos o que está em jogo em nossas ambições, lembrando-nos de pesar nossos atos dentro e fora das empresas.

 

Prontinho. Ufa!

Vocês já assistiram algum desses filmes? O que acharam? Alguma outra sugestão? Deixem seus comentários! 

Lembre-se sempre: espaços para respirar e pensar fora da caixa é fundamental.

Para te trazer mais ideias, que tal baixar nosso ebook 100% gratuito com 6 ideias de como inovar seus produtos e serviços e sair na frente da concorrência ainda hoje? Clique no banner abaixo e ganhe agora:

 

 

Continue nos acompanhando nosso blog, fanpage, instagram, linkedin e Grupo no Whatsapp para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeaNote #TakeIdeas

 

A R1 Telecom é uma empresa especialista em soluções e serviços de telefonia por IP (VoIP), inovando, personalizando e criando serviços de acordo com as necessidades das pequenas, médias e grandes empresas, sempre buscando gerar melhoria e proporcionar um processo simples e eficaz aos seus clientes.

A empresa estava com necessidade de fazer o redesign da marca. A logo atual estava fraca cromaticamente e suas formas transpareciam algo defasado e sem conceito aplicado.

Para isso, confiaram na Mkt Ideas para a criação de uma nova marca para sua empresa.

Confira os desafios e resultados a seguir:

Principais Desafios

Quando nos procuraram, queriam uma marca robusta e sólida, que pudesse carregar em suas asas todos os conceitos da marca, como tecnologia e qualidade, sem perder a essência e o valor já construído com a marca antiga.

Esse foi o principal desafio: Desenvolver o conceito da criação da nova marca, já que já existia uma logo defasada visualmente, revitalizando-a sem causar impacto no público que já é fiel àquele padrão.

A R1 Telecom precisava se mostrar diferente para as pessoas, então, através de uma pesquisa de mercado criamos um novo posicionamento para a empresa, que serviu como base sólida para todo o projeto.

Resultados Obtidos

Diferente da versão antiga, a nova versão apresenta-se muito mais moderna e funcional, com maior legibilidade e de cromia mais leve, trazendo a marca uma assinatura visual mais elaborada, clara e adequada ao seu produto e atrativa ao seu público alvo.

A versão antiga vinha com cores carregadas, tipografia manuscrita e assimétrica que dava a ideia de algo “antiquado” e pesado. A simbologia não combinava com a proposta da empresa.

Seguindo as premissas de Gestalt – um conjunto de leis e normas no design – criamos o símbolo constituído por 5 circunferências fazendo um fechamento de uma nuvem,  que representa a tecnologia cloud, utilizada na solução da empresa – VoIP (ligações via internet).

Antes de Depois:

 

Estudos:

Dentro da nuvem se encontra formas mais triangulares com um fechamento de dois caracteres a letra (R) e o número (1), representando mais velocidade e desdobramentos da marca.

Com cores chapadas que vão desde o laranja mais fechado quase vermelho, para um laranja mais claro quase amarelo. Os 3 tons de laranja foram escolhidos para trazer a cor quente que a marca já havia em sua antiga identidade.

O amarelo da logo antiga não trazia uma boa leitura no fundo branco.

Através da metodologia da Teoria das Cores, as cores laranja representam energia, ânimo e excitação, e o cinza escuro representam elegância e impacto, reforçando a identidade da empresa. Além disso, as 2 cores se harmonizam, o que torna aplicável a junção delas.

A tipografia em cinza num tom mediano o deixa sempre visível. Com base preta ou branca, utilizamos a família da fonte ‘London Two’, trazendo a força maior (negrito), mas também deixando uma marca simpática que fixa fácil na visão dos clientes pelo formato no geral.

Por isso, sempre se atente também as aplicações. Veja se o logo se torna legível em diferentes materiais no offline e no digital, como visto de longe em um outdoor ou em uma assinatura pequena nas redes sociais, vista no mobile, por exemplo.

Aplicações:

Cada passo foi pensado para seguir uma identidade de comunicação que focasse em uma simbologia ligada diretamente ao cliente da empresa.

Como todo nosso trabalho de desenvolvimento de logo, entregamos o Manual da Marca, com informações básicas padrões, como: Formato, Cores, Tipografia, Símbolos e Aplicações.

Veja algumas partes abaixo:

Cores Institucionais

Malha construtora e área de segurança

 

Aplicações corretas

Uma boa logo te destaca dos concorrentes, demonstra profissionalismo, credibilidade e apresenta conceitos e valores da marca da sua empresa.

A agência Mkt Ideas fez um consistente trabalho de pesquisa e utilizou toda a sua expertise no redesign da marca.

Aproveite e veja também esses outro case:

O que concluir com tudo isso?

As empresas mudam e a imagem dela deve acompanhar estes processos.

Se a sua empresa tem a oportunidade de renovar o posicionamento da imagem da marca, readequar as atualizações de interesses e público alvo, e ainda melhorar o relacionamento com a base de clientes, por que não?

Se estiver com dúvidas, baixe nosso check-list gratuito abaixo e descubra quais aspectos são importantes para criação de Design de Logo:

Basta encontrar uma agência qualificada para a reformulação da sua marca e, claro, não podia deixar de dizer que a Mkt Ideas é uma agência especializada em performance e branding, escolhida por mais de 20 empresas de diferentes segmentos.

Portanto, temos expertise e um time de especialistas prontos para te atender e fazer sua empresa decolar!

Se você gostou do nosso trabalho, deixe seu comentário abaixo. Adoraríamos receber o seu feedback!

Agora, se está na hora da sua empresa renovar sua identidade visual, como vimos nesse case, criar slogans, mascotes, papelaria, embalagens e outros materiais gráficos, entre em contato conosco já e solicite nossa apresentação!

O seu projeto também pode ser um case de sucesso! Entre em contato conosco e descubra como podemos de ajudar! Clique no botão ou nos chame no whatsapp:

 

 

Se quiser receber mais ideias assim, faça como os 5.000 inscritos, assine grátis nossa newsletter abaixo e faça parte da nossa lista VIP:

 

Continue acompanhando nosso blogfanpage, instagramlinkedin para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio ;) #TakeaNote #TakeIdeas

 

Assim como em nossa vida cotidiana, a internet também lança tendências a serem seguidas. 

Uma delas  é o site de uma página única, conhecido como site one page, que mencionamos neste artigo aqui no blog.

Mas eles são adequados para o seu negócio ou organização? Antes de saltar sobre o bandwagon, aqui estão alguns dos prós e contras de sites OnePage.

Veja também:

Vamos começar pelas “bad news”:

Desvantagens

#1. Limite de informações

Muitas soluções são difíceis de explicar tendo um limite de conteúdo. Muitas marcas podem ter dificuldades em esclarecer aos seus clientes as características e as vantagens de suas soluções ou produtos em poucas palavras. 

E esse problema se estende para empresas que desejam mostrar seu portfólio, história e outras informações que julgam relevantes para quem deseja adquirir da marca.

Solução: Dizer aquilo que você deseja, em poucas palavras, sem afetar a experiência do usuário, é um desafio. Mas nada que uma boa consultoria de marketing não resolva.

#2. Potencial de SEO reduzido

Ao limitar a quantidade de conteúdo, o profissional de SEO acaba tendo que limitar a quantidade de palavras-chave utilizadas para ranquear o seu site nos buscadores. 

Solução: Nesse caso, o ideal é definir uma ou poucas palavras-chaves e dedicar todos os esforços a elas. Outra possibilidade é inserir um blog, assim o site teria mais possibilidades de ranquear, já que possui mais páginas que podem ser trabalhadas e encontradas pelos buscadores. 

Aproveite e leia também: Ter um blog dá resultado?

Vantagens

#1. Mais velocidade

Poucos usuários têm paciência para aguardar um site que demora muito para carregar. Foram realizados estudos e o que se descobriu foi que, em média, esta espera não passa de 8,6 segundos. Alguns desistem antes dos 3 segundos. 

Por isso, uma das principais vantagens de sites one page é o quão leves eles são, permitindo que sejam exibidos rapidamente e de uma só vez, evitando que cada clique se torne mais tempo de espera.

Para se ter uma ideia da eficiência deste formato de site, o grupo Mozilla percebeu um aumento de 15,4% nos downloads de navegadores quando a página do Firefox passou a ser carregada 2,2 segundos mais rápido.

Isso é valioso principalmente para dispositivos móveis conectados a planos de dados limitados: a otimização de recursos na página vai oferecer uma experiência superior aos seus visitantes.

A velocidade de carregamento de um site ajuda no SEO da página. Por isso, o Google já anunciou que a velocidade de um site é fator preponderante para um bom ranqueamento em suas buscas orgânicas.

#2. Dinâmico e interativo

Com a navegação dinâmica, o site fica muito mais interativo e atrativo

Assim, é possível dar asas a sua imaginação e criatividade e elaborar um site bacana até mesmo para uma empresa séria, fazendo com que a página não seja monótona.

#3. Fácil navegação

Ele permite que o usuário tenha um entendimento mais completo das informações importantes, já que elas estão condensadas em uma única página o que ajuda muitas vezes a entreter melhor quem acessa o site e ajuda a minimizar a desistência da navegação, por exemplo.

As pessoas já não perdem tempo e a busca pela informação correta e certeira é essencial para o sucesso do seu site pois o visitante não precisa navegar para outras páginas.

Portanto, coloque as informações mais importantes no topo da página e deixe para ser mais específico no decorrer do rolamento. Muitos usuários querem apenas as respostas para suas perguntas.

#4. Design atraente

Um visual que chama a atenção pode ser determinante para o engajamento em seu site. Com o fim do Flash, as páginas estão usando bastante o efeito parallax

Sites one page permitem que você crie uma animação leve, útil e muito atrativa, além de possuir muitos efeitos visuais como ícones, imagens, pequenos efeitos que fazem toda a diferença na hora de compor o layout. 

A página causa um lindo efeito e pode impressionar o usuário.

#5. Responsivo

Sites one page são muito mais fáceis de otimizar para dispositivos móveis e criam uma uniformidade em todos os sites. 

A navegação por rolagem é muito mais fácil de utilizar numa tela de celular, e, além disso, o uso dele aumentou consideravelmente nos últimos anos, muito por conta dos aplicativos das redes sociais.

#6. Maior conversão

Se o seu objetivo é construir uma lista de email, vender mais produtos ou serviços, gerar mais leads ou promover uma pessoa, um site de uma única página tem um funil de conversão muito forte

O usuário não precisa clicar em links e mais links e esperar por páginas para carregar, tudo que você precisa está em uma única página – simples, mas eficaz.

O caso do firefox que mencionei no primeiro tópico prova isso muito bem!

#7. Tempo e investimento eficiente

Um site de uma página é muito mais rápido para projetar e desenvolver do que um site de várias páginas e que tem um enorme impacto no custo.

Ao trabalhar com sites one page, você tem a certeza de que a equipe responsável vai conseguir conduzir tudo com muito mais rapidez e eficiência

#8. Fazer storytelling

Estratégias textuais, como o storytelling, são cada vez mais usadas. A explicação para esse fato é que histórias bem contadas têm um excelente poder de persuasão. 

Como mencionei no tópico 4, sites one page permitem que você utilize diversos elementos visuais para interligar suas diversas seções em um único fluxo, criando um storytelling que começa no topo e chega a uma conclusão no fim, parecendo quase um vídeo animado.

#9. Estratégias temporárias

Precisa fazer um site para divulgar o lançamento de determinado produto ou serviço, ou, então, para coletar dados dos clientes por meio de uma ferramenta de captura, ou, ainda, promover um evento?

Então usar um site one page é uma excelente pedida, pois a sua construção é rápida e pode ser destinada somente a esse fim. 

Outra ocasião bacana para utilizá-lo é para apresentar um portfólio ou trabalhos específicos. #takeidea

 

Eu diria que são pouquíssimas as desvantagens comparadas as vantagens que mostrei. Ou seja ter um site one page é uma ótima opção!

Porém, cada empresa tem uma necessidade e objetivos diferentes que devem ser estudados com carinho. A meta deve ser sempre a de oferecer a melhor experiência possível aos usuários. 

Portanto, avalie cuidadosamente o perfil do seu público-alvo para entender bem que tipo de conteúdo ele está acostumado a consumir e se sites one page se encaixam nesse caso. Faça experimentos e analise os resultados obtidos para ter certeza sobre o caminho ideal.

Ainda na dúvida? Conte conosco. Possuímos profissionais experientes que certamente te ajudarão a fazer uma boa escolha. Clique no botão ou nos chame no whatsapp:

 

Se quiser receber mais ideias assim, faça como os 5.000 inscritos, assine grátis nossa newsletter abaixo e faça parte da nossa lista VIP:

 

Continue acompanhando nosso blogfanpage, instagramlinkedin para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio ;) #TakeaNote #TakeIdeas