Arquivo para Tag: datas comemorativas

Já falamos nesse artigo sobre como montar o planejamento de marketing da sua empresa e ter uma visão mais macro do seu negócio.

Porém, se você já montou o planejamento de marketing e partiu para a parte operacional, “mão na massa”, deve ter pensado “como montar agora um plano de ação?

Criar um plano e trabalho atrelado as datas comemorativas é uma excelente oportunidade para quem deseja alavancar seus negócios em determinados períodos e celebrações do ano.

Dificilmente você vai encontrar um empresário ou gestor que não venda mais no Dia das Mães e não veja o faturamento subir na Black Friday, por exemplo.

Seja qual for o modelo da sua empresa, aproveitar as datas comemorativas, e também as sazonalidades, para orientar o planejamento, pode resultar em ações com mais apelo de engajamento e conversão.

Isso, porque, elas são ótimas para fortalecer a sua marca, aumentar o vínculo com seus clientes e melhorar as vendas.

Atualmente, as datas comemorativas mais importantes para a grande maioria são:

  • Páscoa
  • Dia das Mães
  • Dia dos Pais
  • Dia das Crianças
  • Black Friday
  • Natal

Essas duas últimas são consideradas as mais relevantes.

Mas também existem outras especiais, como Dia dos Namorados, Dia do Livro, Dia do Rock. Tudo depende do segmento e estratégia da sua empresa.

O Calendário de 2022 está repleto de oportunidades para você aumentar o faturamento da sua empresa, se diferenciando da concorrência. É importante entendermos que promoções e ações sazonais funcionam muito bem para dar um empurrãozinho naquele contato que está em cima do muro.

Leia também:

Para ter sucesso nas campanhas de datas comemorativas, independente do segmento, é importante estar atento a alguns detalhes: um bom planejamento é indispensável para dar direção à ação estratégica que será adotada pelo seu negócio. Afinal, quando se tem um caminho claro a seguir, ganha-se tempo e dinheiro!

Diante disso, trago neste post algumas dicas para que você consiga aproveitar as datas comemorativas e as sazonalidades para atrair, se relacionar e vender muito mais.

Como criar um planejamento com cronograma?

Passo a passo para o plano:

1– Mapear as datas comemorativas

Hoje temos data comemorativa para tudo e todos: Dia do Meio Ambiente, Dia Mundial da Água, Dia da Secretária, Dia do Médico, Dia do Advogado, Dia do Planeta e, pasmem, tem até Dia da Toalha, Dia do Cotonete e Dia da Praça!

Essas datas são ótimos gatilhos para você promover sua empresa e criar conteúdo e ações originais e criativas, atreladas ao seu negócio.

Embora o ano tenha muitas datas importantes, nem todas serão relevantes para o seu negócio. Por exemplo, uma loja que vende roupas apenas para adultos, não precisa pensar em ações para o Dia das Crianças.

Por isso, identifique as datas comemorativas que representam eventos e e momentos significativos para o seu segmento e que fazem sentido para a sua persona e o posicionamento da sua marca.

2– Analise o mercado e a concorrência

Buscar inspirações no mercado e até mesmo junto à concorrência pode auxiliar a estimular a criatividade para criar ações inéditas, que vão despertar o interesse e a curiosidade do público de conhecer a sua marca e o que ela tem a oferecer de vantajoso.

Além disso, analisar uma ação que já foi consumida pelo mercado é um meio de saber por onde começar, como identificar ações que tenham boa repercussão e evitar abordagens que possam não ter o efeito almejado.

3– Fazer um resgate histórico

Se sua empresa já está no mercado há no mínimo 1 ano e já realizou qualquer tipo de ação de marketing, o resgate dessas ações pode trazer referências valiosas.

Avalie os meses do ano em que as vendas são mais altas e os meses em que as vendas não são tão expressivas. Identifique as razões para esses resultados e avalie o comportamento geral do seu consumidor.

Dessa forma, você saberá em quais períodos há uma aderência mais forte do seu público, conseguirá planejar o futuro com base em dados concretos do passado e terá um norte mais bem definido.

Seja nos formatos mais tradicionais, as datas comemorativas podem já ter sido foco de um planejamento anterior de marketing, agilizando assim a elaboração do planejamento deste ano.

Agora, se você está começando, tente fazer esse mesmo exercício olhando para concorrentes e negócios parecidos com o seu. Assim, fica mais fácil escolher em quais datas você irá fazer campanhas sazonais.

4– Definir uma campanha especial

Agora é o momento de definir o propósito e o formato em que as ações serão trabalhadas:

VENDAS?

Datas para ações comerciais: algumas datas comemorativas são importantes para o comércio e não devem ficar de fora, pois o seu concorrente provavelmente fará alguma ação nesse período. Como o mercado investe agressivamente nessas datas, a dica aqui é ir além do desconto e ser criativo para chamar atenção.

Exemplo #1 –  Loja de chocolate gourmet

  • Data Comemorativa: Páscoa
  • Ação: post sobre os benefícios do cacau + CTA para conhecer a linha de chocolates puro cacau da marca
  • Propósito: conteúdo topo de funil para atração, mas com gatilho para aumentar vendas
  • Formato: post em tópicos, rico em imagens, promovido no blog e redes sociais.

Exemplo #2 –  Clínica de estética

  • Sazonalidade: período de frio, onde as vendas de depilação caem
  • Ação: cupom de 20% de desconto na depilação com cera de mel
  • Propósito: é uma oferta fundo de funil, focado na geração de leads e conversão em vendas
  • Formato: Landing Page, peça gráfica simples a ser promovida nas redes sociais e via email marketing com sua base.

Exemplo #3 – Escola de culinária

  • Data Comemorativa: Dia da Gula
  • Ação: Landing Page com 3 receitas irresistíveis com morangos
  • Propósito: conteúdo de meio de funil, para relacionamento com a base
  • Formato: conteúdo estilo ebook, link para vídeo e divulgado para a base de leads via campanha de email marketing.

BRANDING?

Datas para fortalecer a imagem da empresa: datas em que a empresa pode fazer alguma menção apoiando ou celebrando uma causa e que não necessariamente precise envolver uma promoção ou dar descontos. Dessa maneira, sua empresa reforça a imagem na mente dos seus consumidores, que poderão lembrar de você da próxima vez que precisar do seu produto ou serviço.

Exemplo #4 – Qualquer empresa

  • Data Comemorativa: Dia mundial do doador de sangue
  • Ação: banner estimulando a doação de sangue.
  • Propósito: conteúdo para relacionamento com a base e fortalecimento da marca
  • Formato: peça gráfica simples a ser promovida nas redes sociais

5 – Elaborar plano de execução

Depois de saber o que e por que fazer, é preciso definir como e quando fazê-lo, pois o planejamento da execução é tão importante quanto a definição da pauta e do planejamento de ações.

Sem planejamento, fica difícil organizar ações de marketing em datas sazonais. Por mais que uma estratégia seja eficaz, ela só vai funcionar se houver uma programação bem estruturada e pensada com antecedência.

Verifique seu calendário para garantir que tenha tempo suficiente para planejar e executar as ações de marketing e que você esteja deixando espaço suficiente entre as promoções.

Em vez de deixar para promover a ação no dia que ela começar, procure estabelecer um senso de antecipação. Fale dela alguns dias ou semanas antes e mostre o que os clientes podem esperar. Isso é algo feito com muita frequência durante a Black Friday. Inclusive, veja o conteúdo deste artigo que criamos 1 mês antes do Black Friday do ano passado com o propósito de estimular as vendas dos nossos serviços da agência.

Confira o Calendário 2022 e planeje-se!

Pode parecer clichê, mas o planejamento é o coração de uma boa estratégia de marketing.

Sendo assim, quebrar a cabeça para elaborar um planejamento bem embasado e estruturado e prezar pela produção de textos e peças relevantes e de qualidade deve ser visto pelas empresas como um verdadeiro investimento.

Portanto, se ainda não planejou e antecipou suas ações, corre que ainda dá tempo! Estamos no começo do ano ainda e você já pode planejar suas ações até o final do ano. Quanto antes, melhor!

Quer uma ajudinha?

Baixe grátis o Calendário 2022 com a datas comemorativas para te ajudar no plano:

 

Este artigo sobre calendário promocional foi útil? Então aproveite para compartilhá-lo nas redes sociais e ajude outros profissionais a entenderem mais a respeito do assunto! 😉

Aproveite e faça como os 5.347 inscritos: assine grátis nossa newsletter abaixo e faça parte da nossa lista VIP:

 

Continue nos acompanhando em nosso blog, fanpage, instagramlinkedIn para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeIote #TakeIdeias

 

 

É…. 2021 foi um ano de desafios, não é mesmo?

O fim do ano chegou e as árvores de natal já começam a aparecer nas lojas.

Mas antes de Natal e Ano Novo, há uma outra ocasião muito relevante no aumento das vendas para o comércio: a Black Friday, que, neste ano, acontecerá no dia 26 de novembro.

O evento já se tornou uma das datas mais lucrativas. Em alguns anos, chegou a superar datas consideradas tradicionais pelo setor, como o Dia das Mães.

Isso nos mostra que a Black Friday é um ótimo evento para os empresários conseguirem conquistar todas as vendas que não conseguiram realizar durante o ano. Ainda mais nesse momento que estamos vivendo com a retomada da economia!

Aliás, se você ainda está em dúvidas em como inovar nesse novo cenário, não deixe de baixar nosso e-book gratuito:

Porém, mesmo com os rastros da crise que passamos nos últimos anos, esse ano será de grandes vendas?

Sim! O Black Friday esse ano tem tudo para ser um dos maiores da história do país.

Isso porque os consumidores brasileiros estão contendo cada vez mais suas despesas e se tornando verdadeiros caçadores de bons preços. As promoções e condições especiais nunca foram tão importantes para o bolso do consumidor.

Isso significa que o perfil de comportamento do consumidor online também se transformou, e os lojistas têm de estar preparados.

Uma das mudanças mais claras foi o planejamento dos consumidores para a data.

Como o Black Friday é evento de grande relevância dentro do calendário do comércio, o consumidor já aprendeu a esperar pela data para adquirir os produtos e serviços de seu interesse e até mesmo antecipar as compras de Natal e Ano Novo.

Além disso, nos últimos meses houve uma melhora na economia. Pouca coisa para alguns mercados, mas significativa.

Dicas para ter sucesso na Black Friday:

 

        1. Se planeje

O gestor que quiser garantir a sua fatia desse montante já deve ter começado a pensar em todos os detalhes. Portanto, para que essa data seja lucrativa, primeiramente é necessário um bom planejamento.

A Black Friday exige que os empresários preparem com antecedência o seu marketing para atender os milhões de consumidores que estão em busca das melhores ofertas.

Não adianta deixar tudo para a última hora e improvisar. Pode até ser que dê algum resultado. Mas com um planejamento bem pensado e estruturado, os ganhos serão ainda melhores.

Leia também: Planejamento de Ações: como sua empresa pode usar as datas comemorativas para vender mais.

Se a expectativa é grande por parte dos consumidores, a preparação por parte das empresas também acontece com muita antecedência.

       2. Ofereça descontos dignos de Black Friday

Primeiramente, é preciso criar ofertas reais e ser honesto com o consumidor.

Nas primeiras edições, a Black Friday no Brasil acabou sendo uma decepção para os consumidores e a data ficou mais conhecida como Black Fraude, em razão dos descontos irreais e das falsas ofertas.

A solução para mudar o senso comum é partir sempre da verdade e, realmente, dar ao consumidor as vantagens que sua campanha vende.

Aposte não só nos descontos, mas em cupons, vendas combinadas e até brindes especiais. Aproveite momentos como esse para trabalhar também a fidelização dos clientes.

vale lembrar que esses descontos precisam ser condições exclusivas de Black Friday, se não, não fará muito sentido o consumidor esperar essa data!

        3. Ambientize seu site e/ou espaço físico

Outro ponto essencial é a ambientação do seu site, loja e escritório que, assim como em datas comemorativas, deve estar estilizada.

Investir em selos, banners e até um logotipo especial fará toda a diferença no momento das vendas. Isso faz com que o consumidor sinta mais confiança na sua empresa e esteja disposto a comprar nela.

Aposte ainda em adequações tecnológicas para que seu site suporte o pico de acessos sem sair do ar. Invista em uma empresa especializada que possa te ajudar com isso, afinal, ficar offline em plena Black Friday é perda na certa.

        4. Não se esqueça da versão Mobile

Visto que a maioria da população possui smartphones, a versão mobile também precisa ter atenção.

 

Está gostando do conteúdo? Faça como os 5.347 inscritos: assine grátis nossa newsletter abaixo e faça parte da nossa lista VIP:

        5. Se atente no estoque e na logística

No caso de produtos, não se esqueça de pensar no estoque e na logística.

Tenha um bom número dos principais produtos de sua loja em estoque, garanta ainda certa quantidade a mais por segurança, afinal cliente nenhum quer ver a mensagem de “produto indisponível” e você, certamente, não está interessado em perder vendas.

Mantenha ainda um olhar rigoroso sobre os processos de logística – a entrega pode ser um dos fatores decisivos no momento da compra. Caso haja a possibilidade de atrasos na entrega, expresse isso antes mesmo que o cliente faça a compra.

O custo do frete também deve ser pensado. Negocie custos com os parceiros de logísticas e estipule melhores prazos de entrega que sejam viáveis para ofertar na data.

        6. Abuse das plataformas digitais para divulgação

Como estamos falando de um evento que nasce do ambiente virtual, é preciso se utilizar das diversas plataformas que a web oferece.

Use as redes sociais (publicações impulsionadas no facebook e instagram podem dar ótimos resultados), faça campanhas de e-mail marketing e aposte no bom e velho Google Adwords.

Também se prepare para o atendimento e suporte ao cliente nessas plataformas. Tenha uma equipe treinada para oferecer atendimento ágil e eficiente aos clientes na hora da compra. É uma maneira de evitar devoluções e/ou reclamações.

        7. Se antecipe

A diretora do Google chama atenção para o fato de que a Black Friday no Brasil não consiste apenas na sexta-feira. Há uma antecipação de 1 semana, isso é visto no aumento das buscas pelo termo no Google.

Em 2016, por exemplo, o pico de buscas se deu às 22h da quinta-feira, com a data concentrando 1/3 das compras de toda a Black Friday.

Além disso, esteja disposto a ajudar seu cliente, a resolver todos os problemas que estiverem a seu alcance.

        8. Bônus: Template Editável

Para te ajudar, criamos um template editável de post para as redes sociais, para você divulgar suas ofertas! Confira:

 

Em momentos de crise, onde o mercado se vê fragilizado, datas comemorativas devem dar o fôlego necessário para os empresários se equilibrarem e pensar em estratégias para crescerem.

“Por conta da crise, os varejistas não estão conseguindo bater suas metas e eles estão contando com a data para isso. O consumidor também espera, pois sabe que fará um bom negócio”, afirma Claudia Sciama, Diretora de Negócios para Varejo do Google.

Muitas empresas estão investindo na Black Friday esse ano e veem nesse evento uma forma de dar um “up” nos seus lucros.

Está preparado?

Se você possui ou gerencia um negócio e não quer ficar de fora, entre em contato conosco agora mesmo para te ajudarmos com a criação do material gráfico, divulgação, criação de anúncios e estratégias:

 

Continue nos acompanhando nosso blog, fanpage, instagramlinkedin para receber mais dicas que irão ajudar seu negócio 😁

#TakeaNote #TakeIdeas